Segundona: Robert, ex-Santos, é apresentado como auxiliar da Portuguesa Santista

Na Briosa, Maestro da Vila irá trabalhar ao lado do filho Patrick, atacante de 19 anos cedido por empréstimo pelo Peixe

Publicado em .

Na Briosa, Maestro da Vila irá trabalhar ao lado do filho Patrick, atacante de 19 anos cedido por empréstimo pelo Peixe

Santos, SP, 03, (AFI) - Depois de brilhar como atleta do Santos, Robert Almeida agora irá atuar em outro clube da Cidade. O ex-meia, campeão brasileiro de 2002 pelo Alvinegro, foi apresentado na tarde desta quarta-feira como auxiliar técnico da Portuguesa Santista, que em 2016 irá disputar o Campeonato Paulista da Segunda Divisão.

Robert foi anunciado como novo auxiliar técnico da Portuguesa Santista - Foto: Divulgação
Robert foi anunciado como novo auxiliar técnico da Portuguesa Santista
“Sempre tive grande carinho pela Portuguesa e fiquei muito feliz com o convite da diretoria para auxiliar o Ricardo Costa. Ele é um treinador jovem, com novas ideias, e tenho certeza que iremos formar um excelente grupo de trabalho, ao lado dos demais integrantes da comissão e do elenco. Nosso objetivo é levar a Briosa à Série A-3”, declarou o Maestro da Vila, como até hoje é chamado pela torcida santista.

Baiano de Salvador, mas criado no Rio de Janeiro e radicado há muitos anos em Santos, Robert Silva Almeida tem 44 anos de idade. Após pendurar as chuteiras em 2006, o ex-atleta trabalhou por alguns anos como agente FIFA e, em seguida, investiu na carreira de treinador, frequentando cursos e fazendo estágios com profissionais de ponta.

No segundo semestre de 2015, comandou o Corinthians USA, realizando campanha invicta no primeiro turno da SoCal, competição profissional equivalente ao campeonato estadual da Califórnia.

FILHO PATRICK

Em Ulrico Mursa, Robert terá a oportunidade de trabalhar ao lado do filho Patrick Gomes. O atacante de 19 anos de idade foi revelado nas categorias de base do Santos e integra o grupo de atletas cedidos por empréstimo pelo Alvinegro para a disputa da Segundona com a camisa da Briosa.

“Como pai, será uma satisfação enorme poder trabalhar com meu filho. O Patrick tem potencial e vou procurar orientá-lo nos treinos, da mesma forma que farei com os demais jogadores do elenco, sem qualquer tipo de privilégio”, concluiu o novo auxiliar da Portuguesa.