Paraense: Com salários em dia, Remo espera casa cheia na estreia

São aguardadas cerca de 35 mil pessoas no Mangueirão na tarde deste domingo

por Agência Futebol Interior

Belém, 14 (AFI) - Em outubro do ano passado, o presidente Manoel Ribeiro apresentou a nova diretoria do Remo, que tinha como principal objetivo resgatar a credibilidade do clube. E isso já está acontecendo, tanto que os salários dos jogadores referentes ao mês de janeiro já foram pagos.

"Quem assume o futebol sabe que as receitas do futebol serão utilizadas para pagar o plantel atual, pagar os funcionários, mas sabe também que serão utilizadas para pagar dívidas do clube, senão o Remo não vai sair disso nunca. Quem quer resgatar a credibilidade tem que pagar o que deve", afirmou o dirigente Milton Campos quando foi apresentado.

Mangueirão deve receber cerca de 35 mil pessoas neste domingo
Mangueirão deve receber cerca de 35 mil pessoas neste domingo
A organização da atual diretoria parece refletir fora de campo, tanto que são esperadas cerca de 35 mil pessoas no Mangueirão neste domingo, quando o Remo estreia no Campeonato Paraense diante do Bragantino, a apartir das 17 horas. Até quinta-feira, o clube divulgou que 13 mil ingressos haviam sido vendidos.

E não existe nenhuma promoção. Quem quiser acompanhar a estreia do Remo no Estadual precisa pagar R$ 30,00 nas arquibancadas e R$ 60,00 nos setores cobertos.

O Remo é comandado pelo técnico Ney da Matta, que deixou o CSA com o acesso bem encaminhado na Série C do Brasileiro do ano passado.

 
 
" />