André Luís desconhece proposta do Corinthians e garante foco na Ponte

Interesse do Timão pelo atacante foi conhecido nos últimos dias

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 13 (AFI) - Na mira do Corinthians para a próxima temporada, o atacante André Luís falou depois da vitória da Ponte Preta sobre o CSA, por 2 a 1, na noite da última sexta-feira, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Destaque da Macaca na temporada, o centroavante garantiu o foco no time campineiro.

"Sobre Corinthians, prefiro deixar para minha assessoria, meu empresário. Não tem nada certo, pelo menos da minha parte. Meu pensamento, meu foco é na Ponte. Tenho contrato até o fim de novembro, não sei como vai ser o futuro. O torcedor pode esperar raça e determinação em campo. Jogo a jogo, a gente vai construindo nossa história aqui. Falei com meu empresário, ele falou que tem se reunido, mas não tem nada de concreto", comentou o centroavante em entrevista para a Rádio Bandeirantes de Campinas.

Como André Luís pertence ao Cianorte, a Ponte Preta está de mãos atadas e não pode fazer quase nada para manter o seu principal destaque na competição. O time de Campinas tem a prioridade de compra, mas para isso teria que igualar a proposta do Corinthians, o que parece improvável com a atual fase financeira.

André Luís é formado nas categorias de base do Atlético-PR, mas já rodou no futebol profissional em busca de espaço. Passou por Guaratinguetá e Brasília antes de chegar ao Santa Cruz. Em 2017 conseguiu se firmar no time titular pernambucano e fez cinco gols em 57 jogos, chamando a atenção. Ao final da temporada, não conseguiu chegar a um acordo com o clube e acabou sem vínculo, buscando novamente uma oportunidade.

Depois de muita negociação, acertou com o Cianorte para o Campeonato Paranaense de 2018. Como o clube não tem calendário para o segundo semestre, foi emprestado para a Ponte Preta na Série B do Brasileiro. Jair Ventura, hoje técnico do Corinthians, já tentou contratar o atacante na época que treinava o Botafogo, mas acabou sem acordo financeiro entre o clube carioca e os empresários do jogador.

 
 
" />