Avancini assume a liderança do ranking mundial do mountain bike

A ascensão de Avancini é fruto dos bons resultados recentes, sendo o principal o triunfo na etapa de Nové Mesto, na República Checa

por Agência Estado

São Paulo, SP, 13 - O brasileiro Henrique Avancini é o novo líder do ranking mundial do mountain bike da União Ciclística Internacional (UCI). Na última atualização da lista, ele aparece com 1.945 pontos, tendo deixado para trás o suíço Nino Schurter, que caiu para a segunda colocação, com 1.799.

A ascensão de Avancini é fruto dos bons resultados recentes, sendo o principal o triunfo na etapa de Nové Mesto, na República Checa, da Copa do Mundo, em 2 de outubro, o que lhe rendeu 250 pontos na lista. Ele também foi outras duas vezes ao pódio em etapas nas quais terminou na terceira colocação no ano passado, lhe assegurando 160 pontos em ambas. Também ficou na quarta posição em outras duas vezes em 2019, somando 150 pontos por cada, e uma em quinto neste ano, acumulando mais 140.

Henrique Avancini
Henrique Avancini

No último fim de semana, Avancini participou do Mundial em Leogang-Salzburgerland, na Áustria, e ficou na décima posição. Chegou a ocupar a segunda posição, mas perdeu ritmo durante a disputa, com o título sendo conquistado pelo francês Jordan Sarrou. Com esse desempenho, o campeão ascendeu do oitavo para o quarto lugar no ranking. Já o brasileiro somou mais cem pontos por esse desempenho.

POSIÇÃO!
Entre Avancini, Schurter e Sarrou, está o holandês Milan Vader, na terceira colocação. E o Top 5 da lista da UCI no mountain bike é completado pelo francês Victor Koretzky. O Brasil ainda tem outros dois ciclistas entre os cem melhores do mundo: Luiz Henrique Cocuzzi, em 51º, e Guilherme Gotardelo Muller, em 56º lugar.

O ranking da UCI é classificatório para os Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021. E com a atual pontuação, Avancini está praticamente classificado para o evento.