Liga dos Campeões: Ernesto Valverde diz que ainda "não tem nada ganho" para o Barcelona

No jogo de ida, o time espanhol fez o dever de casa e ganhou da Roma por 3 a 1

por Agência Estado

São Paulo, SP, 09 - O Barcelona define o confronto de quartas de final da Liga dos Campeões diante da Roma nesta terça-feira, na capital italiana. O time catalão chega para o jogo com uma grande vantagem, após ter goleado na ida por 4 a 1, em casa, mas o técnico Ernesto Valverde alertou para um possível "salto alto" e pediu seriedade para a partida.

"Não podemos confiar. Chegamos para a partida pensando que não há nada ganho, o duelo está para ser decidido, apesar de termos um bom resultado que nos dá vantagem. Devemos pensar como se estivesse 0 a 0, pode acontecer qualquer coisa. Vamos a campo para fazer uma boa partida e ganhar, não pensamos em nada mais, sem excesso de confiança e sem especular com a partida de ida", afirmou.

O técnico Ernesto Valverde acredita que a Roma vai pressionar o Barcelona nos minutos iniciais
O técnico Ernesto Valverde acredita que a Roma vai pressionar o Barcelona nos minutos iniciais
PRESSÃO NO INÍCIO
O próprio Valverde, no entanto, reconheceu que o resultado da ida deverá mudar a forma da Roma atuar. Afinal, o time italiano precisa marcar pelo menos três gols para buscar a classificação.

"Espero um time parecido com o da ida, com o que eles vêm fazendo em toda a temporada. Terão um pouco mais de intensidade, principalmente no início. Quando se está com desvantagem no placar, quer marcar rápido o gol que o coloque no jogo. Eles têm que arriscar e nós temos que fazer uma partida forte", apontou.

Até por isso, o treinador admitiu o favoritismo do Barça para ficar com a vaga.

"Se estivermos no nosso nível, somos um time difícil de fazer gol e temos argumentos para ganhar. Eles já demonstraram que têm bons jogadores. Um erro ou um excesso de confiança pode cobrar caro", considerou.