Paulista A2: Ônibus de organizada da Inter de Limeira é atacado em Santo André

Indivíduos não identificados atiraram pedras no veículo, mas não havia ninguém a bordo no mento

por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 11 (AFI) - Um episódio de violência pegou torcedores da Interror, torcida organizada da Inter de Limeira, de surpresa no último sábado, em Santo André, onde o time limeirense empatou sem gols com o Santo André, pela 11ª rodada da Série A2. Indivíduos não identificados atacaram o ônibus torcida alvinegra com pedras.

No momento do ataque, o veículo não tinha nenhum passageiro em seu interior e estava estacionado em um posto de gasolina a cerca de 5km do estádio Bruno José Daniel, local da partida. O único dano foi material, nas janelas do ônibus.

Foto: Reprodução / Blog do Edmar Ferreira
Foto: Reprodução / Blog do Edmar Ferreira
“O motorista procurou um posto de gasolina a mais ou menos uns 5 km do estádio para comer alguma coisa. Ele desceu para comprar um espeto. Foi quando um Pálio parou próximo ao ônibus. Os quatro ocupantes desceram e atiraram as pedras no vidro da frente. Por sorte não tinha ninguém no coletivo. Pelo tamanho das pedras, poderia até matar alguém”, relatou Renan Lima, presidente da Interror, em entrevista ao blog do jornalista Edmar Ferreira.

Apesar de suspeitas, não há nenhuma prova de que alguma torcida organizada do Santo André tenha participação no ato. De qualquer maneira, existe uma rivalidade.

“A nossa proximidade com as torcidas do São Caetano e do São Bernardo criou esse clima. Lamento muito esse episódio. Isso serve para todos verem o quanto sofremos para acompanhar nosso time do coração”, disse Lima.