Série B: Catalá elogia Guarani, mas lamenta chances desperdiçadas

O Bugre pressionou o Brasil de Pelotas do início ao fim, perdendo várias oportunidades

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - O Guarani chegou ao quinto jogo sem vitória no Brinco de Ouro da Princesa nesta Série B ao empatar sem gols com o Brasil de Pelotas na manhã deste sábado. Mas isso não quer dizer que o time teve uma má atuação.

O técnico Ricardo Catalá aprovou o desempenho bugrino, que foi superior ao adversário durante todo o jogo, mas chamou a atenção para as inúmeras chances desperdiçadas. Só Alemão perdeu duas oportunidades claras.

Ricardo Catalá gostou do Guarani apesar do tropeço (Foto: David Oliveira/Guarani FC)
Ricardo Catalá gostou do Guarani apesar do tropeço (Foto: David Oliveira/Guarani FC)
"A equipe fez um jogo muito bom, seguro, não houve nenhuma finalização do adversário no nosso alvo, tivemos quatro ou cinco oportunidades claras. O que precisamos é ser mais competentes para converter as chances", disse o treinador.

Uma preocupação para Ricardo Catalá é que o Júnior Todinho, artilheiro bugrino na temporada com nove gols, sentiu uma lesão no final do primeiro tempo e precisou ser substituído, dando lugar para Alemão.

O atacante ainda será melhor avaliado pelo departamento médico, mas passa a ser dúvida para o jogo da próxima sexta-feira, contra o Confiança, em Aracaju, pela décima rodada da Série B.

Ainda sem conseguir emplacar uma sequência de bons resultados, o Guarani é o 15º colocado, com oito pontos, e está perto da zona de rebaixamento.