Série B: À espera de treinador, auxiliar permanente assume Guarani interinamente

Com demissão de Roberto Fonseca, Thiago Carpini, com dois meses de casa, deve dirigir o Bugre em Belo Horizonte

por Lucas Rossafa

Campinas, SP, 22 (AFI) - Thiago Carpini será o responsável por comandar o treinamento do Guarani nos próximos dias.

Auxiliar técnico permanente do clube, o ex-zagueiro já dirige a atividade desta quinta-feira à tarde, na reapresentação do elenco, horas depois de intensa reformulação na comissão técnica e no Departamento de Futebol.

Lanterna com 13 pontos ganhados e com três derrotas consecutivas, Bugre decidiu pelo desligamento do técnico Roberto Fonseca - aproveitamento de 29,6% - e do seu auxiliar. Além disso, os 'homens-fortes' do futebol tiveram contrato rescindido: casos de Marcus Vinícius Lima, Fumagalli e Gabriel Remédio.

Após demissão de Roberto Fonseca, Thiago Carpini assume Guarani interinamente - Letícia Martins - GuaraniPress
Após demissão de Roberto Fonseca, Thiago Carpini assume Guarani interinamente

NO MERCADO

Enquanto Carpini, contratado durante pausa para a Copa América, sob indicação de Fumagalli, fica como responsável pela preparação do elenco, o presidente Palmeron Mendes Filho se mobiliza para encontrar, ao menos, duas peças: treinador e diretor de futebol.

Entre os nomes mais prováveis para assumir o Alviverde na Série B estão Roberto Cavalo e Gilson Kleina, ambos disponíveis no mercado após passagem por Botafogo-SP e Criciúma, respectivamente.

O QUE VEM POR AÍ?

Em situação desesperadora, o Guarani volta a campo no domingo, 25, diante do América-MG, às 11h, na Arena Independência, em novo confronto direto na luta contra a zona de rebaixamento.

Embora a escalação seja um mistério, certo mesmo é que Carpini tem dois desfalques garantidos: o zagueiro Luís Gustavo e o volante Ricardinho, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, sequer viajam para Belo Horizonte.