Imprensa espanhola diz que Flamengo assinará com ex-auxiliar de Guardiola até 2021

O contrato deve ser assinado nesta quarta-feira, de acordo com informações do diário esportivo AS

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 28 - O Flamengo está perto de anunciar o técnico espanhol Domènec Torrent como substituto do português Jorge Jesus. A diretoria do clube carioca se reuniu com o treinador de 58 anos em Madri e o contrato deve ser assinado nesta quarta-feira, de acordo com informações do diário esportivo AS. E o acordo seria válido até dezembro de 2021.

Segundo as informações do jornal, Torrent chegará ao Flamengo acompanhado por Jordi Guerrero, como seu assistente, além do analista de desempenho Jordi Gris. A reportagem afirma, ainda, que o empresário Carlos Leite foi o responsável por aproximar o treinador do clube.

Torrent foi auxiliar do treinador espanhol Pep Guardiola por cerca de dez anos no Barcelona, no Bayern de Munique e no Manchester City e atualmente está sem clube, após uma passagem recente pelo New York City FC.

Imprensa espanhola diz que Flamengo assinará com ex-auxiliar de Guardiola até 2021
Imprensa espanhola diz que Flamengo assinará com ex-auxiliar de Guardiola até 2021
O Flamengo está sem técnico desde o último dia 17, quando Jorge Jesus rescindiu o contrato para voltar a comandar o Benfica, de Portugal. Nos últimos dias, o vice-presidente de futebol Marcos Braz e o diretor executivo Bruno Spindel se reuniram com treinadores na Europa.

CONHECE BEM
Em entrevista recente a um canal de TV italiano, Torrent revelou que conhece o futebol brasileiro e o próprio Flamengo.

"Eu gosto de me manter atualizado sobre o futebol ao redor do mundo. Então, vi muitas partidas do Campeonato Brasileiro no último ano. Conheço perfeitamente a equipe que eles (Flamengo) têm", disse.

Na última semana, Torrent recebeu elogios do lateral-direito Rafinha, que trabalhou com o hoje técnico no Bayern de Munique.

"É um cara que dispensa comentários, eu conheço bem e posso falar com propriedade porque é um cara com quem eu trabalhei. Não só eu, né? Ele fez muita gente no Bayern crescer muito. E agora ele está de treinador, mas aí não tivemos mais contato. Mas o tempo que trabalhamos juntos dispensa comentários", afirmou, em entrevista à ESPN Brasil.