Figueirense não entra na onda de rival e promete jogar fora de Florianópolis

O Figueirense iniciou os treinamentos presenciais no Centro de Formação e Treinamento do Cambirela

por Agência Futebol Interior

Florianópolis, SC, 22 (AFI) - Apesar do pronunciamento do Avaí ameaçando não entrar em campo caso o estádio da Ressacada não seja liberado para receber jogos, o Figueirense foi na contramão. O clube alvinegro, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que irá procurar um outro local para receber suas partidas do Campeonato Catarinense se o Orlando Scarpelli continuar vetado pela prefeitura de Florianópolis.

O Figueirense iniciou os treinamentos presenciais no Centro de Formação e Treinamento do Cambirela, localizado em Palhoça. O clube não esconde a possibilidade de atuar na cidade, já que o Campo do Avante não foi liberado por falta de segurança.

Figueirense segue treinando normalmente
Figueirense segue treinando normalmente
TREINO
O Figueirense se reapresentou nesta segunda-feira para dar prosseguimento aos treinos visando o retorno do Campeonato Catarinense, previsto para o dia 8 de julho. No entanto, o Governo do Estado ainda não deu o aval para a realização dos jogos. A proibição vai até o dia 5.

Um dos líderes da equipe, o goleiro Sidão falou sobre a preparação do Figueirense. "Espero que todos estejam preparados mentalmente e fisicamente, pois teremos uma sequência difícil pela frente. A volta vai ser em um jogo difícil (contra o Juventus), mas esperamos trazer um grande resultado", falou o goleiro, que completou.

"Estamos vivendo um período diferente. Acostumamos com um treinamento com todos os jogadores. Tivemos algumas restrições, e eram necessárias. Retomamos os treinos e esperamos voltar com foco total nessas partidas decisivas", finalizou.