CATARINENSE: Figueirense vence Chapecoense por 2 a 0 e fatura seu 18º título

Dono do primeiro tempo, Figueirense abre o placar, segura pressão na 2ª etapa e confirma o título com gol no fim

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 08 (AFI) – Em jogo de domínios divididos, o Figueirense venceu a Chapecoense por 2 a 0 na Arena Condá, em Chapecó, na tarde deste domingo e se sagrou campeão Catarinense de 2018. O Figueira controlou o primeiro tempo e saiu na frente e, após segurar a pressão na etapa final, liquidou o jogo ao marcar mais um no fim.

Este é o 18º título catarinense da história do Figueirense, que havia vencido pela última vez em 2015 e se mantém como maior vencedor da história. Atual bicampeã, a Chapecoense, que tem seis títulos,teve sua hegemonia interrompida.

CONTROLE E PINTURA
O Figueirense foi superior na primeira etapa e não à toa foi para o intervalo em vantagem. Com 2 minutos de jogo, Lazaroni mandou um chutaço cruzado de fora da área, que passou perto. O gol do Figueira veio logo aos 13 minutos e foi uma pintura de Gustavo Ferrareis, que arriscou chute de muito longe e conseguiu vencer Jandrei.

Figueirense vence Chapecoense por 2 a 0 e fatura seu 18º título
Figueirense vence Chapecoense por 2 a 0 e fatura seu 18º título

O Figueira seguiu bem. Aos 19 minutos, André Luis cabeceou com perigo para fora. A Chape respondeu aos 20 minutos, em sua melhor chegada. Bruno Pacheco arriscou de longe e levou perigo.

Aos 23 minutos teve mais Figueirense. Jorge Henrique bateu de primeira e mandou com perigo para fora. O último lance de perigo da primeira etapa foi da Chapecoense. Após levantamento na área, Guilherme subiu bem e cabeceou para boa defesa de Denis.

CHAPE PRESSIONA
Com alterações, a Chapecoense voltou ofensiva do intervalo, buscando o empate. Aos 13 minutos, Guilherme recebeu boa bola e bateu de primeira para fora. Um minuto depois, Wellington Paulista bateu rasteiro para defesa de Denis. O goleiro do Figueira foi bem novamente aos 18 minutos, pegando chute cruzado de Apodi,

Aos 22 minutos, mais pressão. Arthur soltou o pé e a bola rapou a trave. A partida era tenso e a Chape pressionava. Aos 40 minutos, Canteros cobrou falta com categoria e acertou a trave. Mas, quando era inferior, o Figueirense fez 2 a 0 com Maikon Leite, aos 40 minutos. O atacante recebeu bom passe de André Luis e tocou por baixo de Jandrei. Após o gol, a Chape murchou e o Figueirense só segurou o título.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
1ª rodada
Data
08/04/2018
Horário
16h00
Local
Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro
Bráulio da Silva Machado

Renda
R$ 544.545,00
Assistentes
Kléber Lúcio Gil e Helton Nunes

Público
18.064 presentes
Cartões Amarelos
Chapecoense: Wellington Paulista, Amaral
Figueirense: Nogueira, Renan Mota , Jorge Henrique, André Luís

Gols
Figueirense: Gustavo Ferrareis 13' 1T, Maikon Leite 40' 2T
Chapecoense
Jandrei;
Eduardo (Apodi), Douglas, Rafael Thyere e Bruno Pacheco;
Amaral, Márcio Araújo, Luiz Antônio (Vinicius) e Canteros;
Guilherme (Arthur) e Wellington Paulista.
Técnico: Gilson Kleina
Figueirense
Denis;
Diego Renan, Eduardo Bauermann, Nogueira e Guilherme Lazaroni;
Zé Antônio, Betinho (Pereira), Gustavo Ferrareis (Maikon Leite) e Renan Mota (João Lucas);
Jorge Henrique e André Luiz.
Técnico: Milton Cruz