Série D: Por capacidade, Treze não poderá atuar no PV novamente

O clube não utilizou o estádio na fase anterior e agora deverá enfrentar o Imperatriz no estádio Amigão

por Agência Futebol Interior

Campina Grande, PB, 12 (AFI) – Assim como nas quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D, o Treze-PB não poderá jogar o duelo de volta das semifinais no estádio Presidente Vargas, em Campina Grande. Mas, desta vez, o motivo da proibição será outro.

A CBF irá alterar o palco designado inicialmente para a partida porque o PV não possui capacidade suficiente para as últimas fase da competição. Nas quartas de final, o clube sofreu uma punição por conta de comportamentos da torcida e teve que mandar seu jogo contra o Caxias no estádio Almeidão, em João Pessoa.

Treze deverá enfrentar o Imperatriz no estádio Amigão
Treze deverá enfrentar o Imperatriz no estádio Amigão
Podendo atuar em Campina Grande agora, o palco da semifinal deverá ser o estádio Amigão. A CBF deverá confirmar a alteração em breve. O jogo de volta contra o Imperatriz-MA deverá permanecer na segunda-feira, às 21h15.

Segundo o regulamento, o palco das últimas três fase exigem deve ter capacidade mínima para 5 mil torcedores sentados. O Presidente Vargas suporta apenas 4.500 torcedores. O elenco do Treze já vem trabalhando no estádio Amigão, onde realizou reconhecimento do gramado na terça e quarta-feira. A atividade deverá se repetir.

O jogo de ida entre Imperatriz e Treze acontecerá no estádio Frei Epifânio, em Imperatriz-MA, às 17h do próximo domingo.

 
 
" />