Cruzeiro 5 x 0 Goiás - Raposa passeia na estreia do Brasileirão

O volante Nílton fez dois dos cinco gols do Cruzeiro na partida

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 26 (AFI) - Com um primeiro tempo arrasador, o Cruzeiro goleou o Goiás, por 5 a 0, na Arena Independência, em Belo Horizonte, e estreou com o pé direito o Campeonato Brasileiro. Os gols do time mineiro foram marcados por Diego Souza, Bruno Rodrigo, Nilton (2) e Borges.

O resultado comprovou o que muitos já pensavam: o time mineiro é forte candidato ao título Nacional nesta temporada. No primeiro semestre fez boa campanha no Campeonato Estadual, mas parou no embalado e, atualmente o melhor clube do país, Atlético-MG. Já o Goiás, terá que juntar os cacos e mostrar um melhor futebol se não quiser brigar contra o rebaixamento.

A goleada deixa o Cruzeiro na liderança do Brasileirão – mesmo número que Criciúma, Grêmio, São Paulo, Fluminense e Vasco, mas com melhor saldo de gols. Sem pontuar, o Goiás aparece na última colocação.

Raposa faz quatro
O jogo começou movimentado e com o Cruzeiro no ataque. As bolas aéreas eram a arma do time mineiro, que abriu o placar logo aos cinco minutos. Em cobrança de falta do lateral Vitor, a bola sobrou para Diego Souza, que encheu o pé: 1 a 0. Mas o Goiás mostrou que estava vivo em campo e respondeu com Hugo, que exigiu defesa de Fábio.

Cruzeiro e Goiás tocavam muito a bola e pouco arriscavam ao gol. Ainda assim, melhor em campo o time mineiro chegou a marcar o segundo com Everton Ribeiro, mas, em posição irregular, o gol acabou anulado. Neste momento o time goiano estava todo na defesa e esperava pelo contra-ataque para surpreender.

Só que aos 30 minutos a Raposa ficou ainda mais em vantagem no placar. Dagoberto cobrou escanteio e Bruno Rodrigo testou firme. Lance que voltou a se repetir dez minutos depois, quando o atacante encontrou Nilton na área; o volante cabeceou e fez o terceiro. Antes do intervalo, aos 42 minutos Borges recebeu na entrada da área e chutou no canto de Harlei. Foi o quarto cruzeirense em apenas 45 minutos.

Tirou o pé na estreia
O Cruzeiro claramente tirou o pé no início do segundo tempo, mas ainda continuava tendo as ações sobre o Goiás. O primeiro lance de perigo da etapa final foi da Raposa. Aos nove minutos, Egídio cruzou e Borges desviou; a zaga conseguiu travar e ainda ganhou, com erro da arbitragem, tiro de meta.

Ao Goiás restava se segurar para não levar mais nenhum gol. Defensivo, o alviverde escapou de levar o quinto aos 15 minutos. Diego Souza deu belo passe para Dagoberto, que passou pela marcação e chutou forte para defesa de Harlei. Dois minutos depois, Araújo respondeu com chute que assustou Fábio.

Sem nenhuma força, aos 34 minutos o Cruzeiro fez o quinto. O jovem Lucca cobrou escanteio e, novamente Nilton, colocou a bola na rede. Depois disso a Raposa priorizou a posse de bola e esperou pelo apito final da partida.

Próximos jogos!
O Cruzeiro volta a campo na quarta-feira, contra o Atlético-PR, às 15 horas, no Ecoestádio, em Curitiba. Já o Goiás, no mesmo dia, mas às 22 horas, enfrenta o Corinthians, no Serra Dourada, em Goiânia.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
1ª rodada
Data
26/05/2013
Horário
18h30
Local
Arena Independência, em - Belo Horizonte (MG) (MG)
Árbitro
Ronan Marques da Rosa (SC)

Assistentes
Carlos Barkenbrock (SC) e Fabiano da Silva Ramires (SC)

Cruzeiro-MG
Fábio;
Ceará, Dedé, Bruno Rodrigo e Egídio;
Leandro Guerreiro, Nílton, Diego Souza (Elber) e Everton Ribeiro;
Borges e Dagoberto (Ricardo Goulart).
Técnico: Marcelo Oliveira
Goiás-GO
Harlei;
Vitor, Ernando, Valmir Lucas e William Matheus;
Amaral, Thiago Mendes, Renan Oliveira e Hugo (Ramon);
Araújo (Eduardo Sasha) e Walter (Júnior Viçosa).
Técnico: Enderson Moreira