Santos 2 x 0 Fluminense - Garotos da Vila atacam de novo!

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 30 (AFI) – Desta vez Neymar não foi decisivo, mas o Santos nem precisou. Com gols de André e Paulo Henrique, o Ganso, o Peixe venceu, por 2 a 0, e afundou ainda mais o Fluminense na tarde deste domingo, no Estádio da Vila Belmiro, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os dois gols santistas foram marcados de cabeça. André entrou por trás da zaga para abrir o marcador na primeira etapa. Já Paulo Henrique subiu mais que a zaga e também deixou sua marca. Os dois cruzamentos foram feitos por George Lucas.

Com a vitória, o Santos chegou aos 32 pontos, na nona colocação, na zona da Copa Sul-americana. Enquanto isso, o Tricolor segue sua caminhada à Segundona. O Flu segue na lanterna, com apenas 16 pontos.

Tava na cara!
Jogando na Vila Belmiro, louco para entrar na briga pela Libertadores e tendo a baba do Brasileirão, Fluminense, pela frente, o Santos fez o que todos já sabiam: foi ao ataque, sufocou o rival e saiu na frente na primeira etapa.

A pressão começou aos 4 minutos. O baixinho Madson, o dono do primeiro tempo, lançou a bola para Emerson. O volante que estreou na Vila cabeceou. Mas o goleiro carioca Rafael fez uma grande defesa e evitou o tento santista.

Três minutos depois, Rafael voltou a salvar o Tricolor. Madson cruzou rasteiro e Paulo Henrique finalizou para defesa do goleiro. O Fluminense não conseguiu sair para o ataque. Ficou na defensiva e levou o gol.

Aos 44 minutos, George Lucas levantou a bola na grande área. O garoto André entrou por trás da zaga e cabeceou. Rafael ainda tocou na bola, mas ela morreu na rede, 1 a 0 Santos.

Confusão...
No intervalo, o zagueiro do Fluminense, Luiz Alberto, foi pressionar o árbitro paranaense Evandro Rogério Roman. O defensor não gostou de ter recebido cartão amarelo. O técnico Renato Gaúcho precisou tirá-lo da confusão para ele não ser expulso.

Mudou de cara!
No segundo tempo o Fluminense voltou com tudo e disposto a empatar. Logo aos 3 minutos, Rodrigo Souto cabeceou contra o patrimônio e quase marcou gol contra. Um minuto depois, Diogo tentou dar bicicleta, mas Germano evitou o gol de empate.

Aos 11 minutos, Conca lançou a bola na área e o zagueiro Gum, ex-Ponte Preta, cabeceou sozinho, mas a bola saiu. O Sport seguiu na pressão e o goleiro Bruno trabalhou mais nos chutes de Moacir e Luciano Henrique.

Mas foi o Santos quem marcou e deu números finais ao jogo. Aos 31 minutos, George Lucas cobrou falta dentro da grande área e Paulo Henrique, sozinho, fez de cabeça.

Próximos jogos
Na 23ª rodada, o Santos faz o clássico paulista contra o Corinthians nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu. Enquanto isso, o Fluminense encara o Náutico no próximo domingo, às 18h30, no Maracanã.

Ficha Técnica

Santos 2 x 0 Fluminense

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos - SP
Árbitro: Evandro Rogério Roman - PR

Renda: R$ 150.860,00
Público: 9.705 pagantes Cartões amarelos: Émerson, Madson, Alan Bahia, Rodrigo Souto (Santos); Diguinho, Ruy, Luiz Alberto (Fluminense)
Gols: André, aos 44’/1T (cabeça) e Paulo Henrique, aos 31’/2T (Santos)

Santos
Felipe; George Lucas, Eli Sabiá, Domingos e Léo; Emerson (Alan Bahia) (Pará), Rodrigo Souto, Germano e Mádson; André (Neymar) e Paulo Henrique.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Fluminense
Rafael; Ruy, Luiz Alberto, Gum e João Paulo (Maicon); Fabinho, Diguinho (Marquinho), Diogo (Raphael Augusto) e Conca; Roni e Kieza.
Técnico: Renato Gaúcho