Série B: Dirigente do Botafogo defende técnico, mas não garante permanência para 2020

Léo Franco admitiu que os números de Hemerson Maria poderiam ser melhores, mas elogiou o profissional

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 18 (AFI) - O Botafogo apenas cumpre tabela na reta final do Campeonato Brasileiro da Série B e por isso a diretoria não quer perder tempo no planejamento para a próxima temporada.

Logo depois do empate com o Londrina, por 1 a 1, no Estádio do Café, no último sábado, o diretor de futebol Léo Franco falou com a imprensa e foi questionado principalmente sobre o futuro do técnico Hemerson Maria.

Hemerson Maria não sabe se vai continuar no Botafogo em 2020
Hemerson Maria não sabe se vai continuar no Botafogo em 2020
"A gente ainda está conversando. Eu conheço o trabalho dele, sei da qualidade, mas estamos avaliando. Os números realmente não são o que ele queria, nem que o elenco queria, mas temos que procurar entender os motivos do porque disso", comentou o dirigente

Anunciado no início de agosto para substituir Roberto Cavalo, Hemerson Maria comandou o Pantera em 22 jogos, com seis vitórias, sete empates e nove derrotas.

Sem maiores pretensões no campeonato, o Botafogo tem 48 pontos e está na décima colocação. No sábado, o Pantera recebe o Cuiabá e depois encerra sua participação contra o Paraná, em Curitiba.