Chapecoense faz a festa por vaga na final e sobra até para o Papa Francisco

Empurrado por mais de 17 mil torcedores que lotaram a Arena Condá, o time brasileiro eliminou o time do Papa e garantiu vaga inédita

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 24 (AFI) – A histórica classificação da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana foi muito festejada pela torcida e sobrou até mesmo para o Papa Francisco.

Torcedor declarado do San Lorenzo, time eliminado pela Chape nesta quarta-feira, o Papa foi lembrado em uma brincadeira feita pelo time brasileiro em suas redes sociais com uma imagem com a fumaça verde e os dizeres “Habemos Finalista!”.

A imagem faz referência à fumaça branca na chaminé da Capela Sistina, no Vaticano, que é expelida para anunciar a escolha de um novo Papa. A última vez em que isso aconteceu, foi em março de 2013, justamente quando o argentino Jorge Mario Bergoglio foi eleito o 266º papa da Igreja Católica.

A mensagem “Habbemos Finalista” também faz referência à cerimônia de eleição de um novo papa. Para anunciar tal escolha, o mais velho entre os cardeais do Vaticano lê o famoso texto Habemus Papam (Temos um Papa, em Latin) na varanda central da Basílica de São Pedro.

Empurrada por mais de 17 mil torcedores na Arena Condá lotada, a Chapecoense segurou o empate por 0 a 0 com o San Lorenzo nesta quarta-feira e garantiu classificação histórica para a final da Copa Sul-Americana.

Na final, o time brasileiro enfrenta Cerro Porteño ou Atlético Nacional, que se enfrentam nesta quinta-feira para decidir a outra vaga na decisão.