Sul-Americana: Desafio com a Chapecoense faz Caio Jr lembrar título no Mundo Árabe

A equipe brasileira enfrenta o Junior Barranquilla, na Colômbia, pelas quartas de final

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 18 (AFI) - O desafio da Chapecoense nas quartas-de-final da Copa Sul-americana nessa quarta-feira (19), diante do Junior Barranquilla, da Colômbia, remete ao técnico Caio Junior a uma boa lembrança nos Emirados Árabes. Em competição semelhante, o time verde do Al Shabab, de Dubai, se sagrou campeão da Copa do Golfo em 2015, competição com seis países do Mundo Árabe.

“Apesar de ser um regulamento um pouco diferente já que na Copa do Golfo teve também fase de grupos, as competições têm semelhanças. São disputadas por países próximos com grande rivalidade”, lembra Caio Junior.

Caio Júnior tenta classificação inédita com a Chapecoense
Caio Júnior tenta classificação inédita com a Chapecoense
Na Copa Sul-americana disputam times de dez países da América do Sul e nas quartas de final os únicos representantes brasileiros são o Coritiba - que enfrenta o Atlético Nacional, no mesmo horário na Capital Paranaense -, e a Chapecoense. Flamengo e Santa Cruz caíram na etapa anterior.

O técnico brasileiro tem a chance de marcar ainda mais seu nome na história da Chapecoense, caso conquiste a classificação inédita para a semifinal da competição. O jogo de volta está marcado para o dia 26 de outubro, às 21h45, na Arena Condá, em Chapecó.