São Paulo x Santos - Clássico na Pacaembu vai acabar ou aumentar crise tricolor?

No momento, o Tricolor ocupa a 14ª colocação na tabela, com 36 pontos, a três do Internacional, primeiro time dentro do Z4

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP,12 (AFI) - O São Paulo tem uma chance de ouro para começar uma reação no Campeonato Brasileiro. Às 21 horas desta quinta-feira, o time faz um clássico eletrizante com o Santos, no Pacaembu, em jogo válido pela 30ª rodada da competição. Uma vitória alivia o lado tricolor, enquanto a derrota pode afunda ainda mais a equipe.

No momento, o Tricolor ocupa a 14ª colocação na tabela, com 36 pontos, a três do Internacional, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. A realidade do Santos é bem diferente. O Peixe é o quarto colocado, com 51 pontos, em uma situação confortável dentro do G6.

Os dois times se encontraram no primeiro turno, também no Pacaembu, o Santos levou a melhor com uma vitória por 3 a 0 sobre os rivais.

E ESSA CRISE?
O São Paulo fez nesta quarta-feira, no Pacaembu, o último treino antes do clássico. Ainda sem contar com o chileno Mena e o peruano Cueva, que estavam com suas seleções nos últimos compromissos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, o técnico Ricardo Gomes fechou os portões para a imprensa não acompanhar a atividade.

No primeiro turno, o Santos bateu o São Paulo por 3 a 0.
No primeiro turno, o Santos bateu o São Paulo por 3 a 0.
O lateral-esquerdo Mena e o meia Cueva chegam ao Brasil nesta quarta e vão direto para a concentração. O clube submeterá a dupla a uma avaliação física para determinar a possibilidade de jogar na quinta.Chile e Peru se enfrentaram na última terça-feira e somente Cueva entrou em campo, por isso Mena tem mais chances de ser aproveitado como titular. Caso o peruano tenha condições de jogo, Carlinhos deve retornar ao banco de reservas.

Sem treinar nos últimos dias, o lateral-direito Bruno também deve desfalcar o São Paulo para o clássico. Buffarini, que atuou improvisado no lado esquerdo por 45 minutos contra o Sport, é o substituto imediato da posição.

Em situação delicada na tabela, ainda ameaçado pela zona de rebaixamento, o São Paulo encara um adversário que briga por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores. Mesmo assim, o zagueiro Maicon não acredita que o Santos seja o favorito no clássico.

"Nesse momento, acredito que a gente precise da vitória, independentemente de ser um clássico ou não. Um clássico pode te dar mais confiança ou te derrubar ainda mais. Entraremos em busca dos três pontos. Temos de fazer um bom clássico. Espero que amanhã [quinta] a história possa ser diferente, já que em algumas partidas jogamos bem, mas não conseguimos as vitórias. É claro que o Santos está em uma posição melhor na tabela, mas clássico não tem essa de melhor ou pior, você não sabe quem vai ganhar", comentou o zagueiro.

DIRETO DA SELEÇA!
O Santos vai contar com um reforço para enfrentar o São Paulo. Lucas Lima retornou do período com a seleção brasileira, após disputa de dois jogos pelas eliminatórias. Ele se reapresentou no CT Rei Pelé nesta quarta-feira, treinou na academia e está praticamente confirmado no time titular.

A presença do jogador é importante no clássico, até porque Vitor Bueno, outro jogador que participa ativamente da criação das jogadas, ainda não se recuperou de uma lesão muscular de grau 2 na coxa direita. Com isso, a articulação das jogadas no meio de campo vai recair sobre Lucas Lima em duelo importante para o Santos se manter na briga pelas primeiras posições no Brasileirão

São Paulo e Santos definiram que iriam jogar os dois clássicos do Campeonato Brasileiro no estádio do Pacaembu. Agora com o mando o mando tricolor, mais uma vez o estádio terá arquibancada de torcia única, fato que não intimida os jogadores do Peixe.

"Eu gosto do Pacaembu. Não ligo para torcida adversária. Quando tem torcida do Santos eu até olho e tal, mas quando é só torcida adversária dá até vontade de jogar mais, porque eles ficam xingando e eu fico mais irritado", disse o lateral Zeca.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
30ª rodada
Data
13/10/2016
Horário
21h00
Local
Pacaembu - São Paulo (SP)
Árbitro
Anderson Daronco (RS)

Renda
R$ 578.430,00
Assistentes
Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)

Público
29.314 torcedores
Cartões Amarelos
São Paulo-SP: Mena
Santos-SP: Copete, Luiz Felipe

Gols
Santos-SP: Copete 0' 2T
São Paulo-SP
Denis;
Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena;
Hudson (Jean Carlos), Thiago Mendes, Wesley (Cueva), Robson e Carlinhos (Kelvin);
Chavez.
Técnico: Ricardo Gomes
Santos-SP
Vanderlei;
Victor Ferraz (Daniel Guedes), Luiz Felipe, David Braz e Zeca;
Thiago Maia, Renato (Fábian Noguera), Lucas Lima (Yuri) e Jean Motta;
Copete e Ricardo Oliveira.
Técnico: Dorival Júnior