Paulista A3: Após bom trabalho no CAV, Rodrigo Cabral estuda proposta

Técnico revelação no Paulista da Série A3 está perto de assumir time goiano

Na Série A3 o time foi eliminado nas semifinais para o vice-campeão Comercial.

Categorias: Estaduais

Por: Oscar Silva, 09/06/2022

thumbnail 1

Votuporanga, SP, 9 (AFI) – Depois de fazer um ótimo trabalho e deixar um grande legado nas quatro linhas dirigindo o Votuporanguense, o técnico Rodrigo Cabral está próximo de assumir uma agremiação do futebol goiano. O profissional não quis adiantar nada, até porque as negociações estão em andamentos e tem outra situação em análise. No Campeonato Paulista da Série A3, Cabral por pouco quase levou a agremiação a Série A2, onde foi eliminado nas semifinais para o Comercial, este sagrou-se vice-campeão e consequentemente o acesso pro A2, na próxima temporada.

CAV AGRADECE
O clube votuporanguense informa a saída do treinador Rodrigo Cabral ao aceitar o desafio e seguir projeto possivelmente no futebol Goiano. “Rodrigo, fez parte da nossa comissão técnica fazendo um trabalho acima da nossa expectativa. A agremiação Votuporanguense agradece pelos serviços prestados e deseja boa sorte na sequência da sua carreira. As portas estarão sempre abertas a um grande profissional e muito competente”, disse o presidente da Alvinegra, Edilberto Fiorentino, o Casquinha.

FALA, PROFESSOR

Rodrigo Cabral falou da sua passagem pelo CAV. “Cheguei ao clube na A3, de 2021, como auxiliar técnico do Rogério Correa e chegamos à semifinal do campeonato. Continuamos para a Copa Paulista, e fomos até as quartas de final. Em outubro, assumi como treinador a equipe Sub-20, para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Juniores. Fizemos a melhor campanha da histórica do clube na competição, indo até o segundo mata mata. No A3, desse ano, passei a ser o auxiliar técnico permanente do clube”, continuou.

Com a saída do técnico Tiago Oliveira na sétima rodada, assumi a equipe como treinador efetivo. Na oportunidade, o time estava na 12° posição e dois pontos acima da zona de rebaixamento. Engatamos uma sequência de 7 jogos de invencibilidade e conseguimos a classificação entre os oito melhores, ficando na 6° colocação. Em seguida, ficamos em segundo no quadrangular e classificamos para a semifinal do campeonato. Nesses 15 jogos que estive à frente do time no A3, foram 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.

Agradeço e muito a oportunidade em trabalhar numa grande agremiação muito bem estruturada. A diretoria, os funcionários, a comissão técnica, os atletas, a imprensa e, em especial o torcedor votuporanguense que gostam e muito do clube. Gostaria e muito de ter conquistado o acesso, mas o objetivo não foi alcançado numa competição dificílima. No entanto, fizemos o possível e o mais importante é que deixei as portas abertas num futuro pela frente”, finalizou Cabral.

Confira também: