Argentina 0 x 3 Brasil - Matheus Cunha faz dois e seleção se garante na Olimpíada

O Brasil termina a fase na segunda colocação com cinco pontos, um a menos do que a Argentina, que já estava classificada

Publicado em .

O Brasil termina a fase na segunda colocação com cinco pontos, um a menos do que a Argentina, que já estava classificada

Campinas, SP, 09 (AFI) - Apesar de ter entrado em campo pressionado, o Brasil superou a Argentina por 3 a 0 na noite deste domingo e se garantiu nos Jogos Olímpicos 2020, que serão realizados em Tóquo, no Japão, entre 22 de julho e 8 de agosto.

A partida, válida pela última rodada do Quadrangular Final do Torneio Pré-Olímpico, foi realizada no Estádio Alfonso López, em Bucaramanga, na Colômbia, e contou com gols de Paulinho, Matheus Cunha, duas vezes.

OS GOLS DA GRANDE VITÓRIA BRASILEIRA !

CLASSIFICAÇÃO

Com o resultado, o Brasil termina a fase na segunda colocação com cinco pontos, um a menos do que a Argentina, que já estava classificada.

O Uruguai, que superou a Colômbia por 3 a 1 mais cedo, ficou em terceiro com quatro pontos, seguido pela seleção anfitriã, com um.

A seleção brasileira não perdeu nenhum jogo. Foram quatro vitórias na primeira fase, além da vitória deste domingo e outros dois empates.

Matheus Cunha fez dois gols e foi melhor do Brasil. Foto: CBF - oficial
Matheus Cunha fez dois gols e foi melhor do Brasil. Foto: CBF - oficial

JÁ SÃO 14 GARANTIDOS
Com os dois representantes da América do Sul definidos, já são 14 países garantidos em Tóquio-2020. Os outros são:
Japão (país sede);
Alemanha, Espanha, França e Romênia (Europa);
África do Sul, Egito e Costa do Marfim (África);
Nova Zelândia (Oceania);
Coreia do Sul, Austrália e Arábia Saudita (Ásia).

Faltam duas vagas da Concacaf (Américas do Norte e Central e Caribe), que serão disputadas em um Pré-Olímpico no México em março.

BRASIL PRESSIONADO

Dependendo apenas da vitória para se classificar, o Brasil precisava jogar de forma ofensiva. Mas quem fez isso foi a Argentina, que começou melhor.

Aos poucos, porém, o Brasil começou a se soltar e na primeira boa chegada, Guga chutou de fora da área, mas por cima.

A seleção brasileira abriu o placar aos 12 minutos, com Pedrinho dando lindo passe por cima para Paulinho. Ele dominou no peito e chutou rasteiro no canto para marcar.

Com boa movimentação no ataque, o Brasil quase ampliou aos 22, com chute de Matheus Cunha. A bola desviou e bateu no travessão.

SELEÇÃO CANARINHO AMPLIA

Mas a segunda tentativa do jogador não falhou. Aos 29, o atacante aproveitou bola mal recuada pelo zagueiro argentino, de cabeça, deu um balão no goleiro e completou para o gol de carrinho.

O Brasil ainda teve outra ótima chance, mas Reinier preferiu o chute em vez de tocar para Paulinho, livre na área.

MATHEUS CUNHA MARCA DE NOVO

Mesmo com a vantagem, o Brasil foi para o ataque no segundo tempo em busca do terceiro gol e marcou aos nove minutos.

Guga cobra lateral rápido para Matheus Cunha, que tabela com Reinier e chutou cruzado para fazer o segundo dele no jogo.

A partir daí, o jogo ficou mais cadenciado, com as duas equipes satisfeitas com o resultado. No fim, Paulinho acertou chute no travessão, mas o placar terminou mesmo 3 a 0.

Brasileiros jogaram com raça e deram chocolate na Argentina
Brasileiros jogaram com raça e deram chocolate na Argentina

URUGUAI VENCE COM GOLAÇOS

Na partida anterior, o Uruguai não teve nenhum problema para superar a Colômbia por 3 a 1. Aos 27, Ignacio Ramírez aproveitou falha da zaga colombiana dentro da área e chutou no alto para abrir o placar.

No início da etapa final, Sanabria dominou na intermediária, de frente para o gol, e arriscou, acertando o ângulo. Pouco tempo depois, outro golaço.

Também da intermediária, mas no lado direito, José Rodríguez chutou com efeito e acertou o ângulo oposto.

A Colômbia diminuiu aos 33 minutos, mas já era tarde demais. Cetré cobrou falta, a bola desviou na barreira e enganou o goleiro.