Brasil-RS x Oeste – Rubrão quer tomar distância do Z4

Time paulista tem 39 pontos e não pode entrar na zona de rebaixamento nesta rodada, mas uma derrota pode complicar o cenário

Publicado em .

Time paulista tem 39 pontos e não pode entrar na zona de rebaixamento nesta rodada, mas uma derrota pode complicar o cenário

Pelotas, RS, 08 (AFI) - O Oeste chegou à reta final da Série B ameaçado de queda e precisa reagir imediatamente para diminuir o risco o máximo possível. Um passo importante para confirmar a permanência pode ser dado neste sábado, quando o time de Barueri visita o Brasil de Pelotas no Bento Freitas, a partir das 19 horas, pela 34ª rodada.

O Oeste tem 39 pontos e não pode entrar na zona de rebaixamento nesta rodada, mas uma derrota pode colocar a equipe em uma situação bastante desconfortável nas quatrorodadas finais.

O Brasil, por sua vez, está três ponto à frente, com 42, mas não pode ser ultrapassado pelo adversário, já que vence por 11 a 8 no número de vitórias. Uma vitória basta para que o time gaúcho garanta a permanência na divisão.

No primeiro encontro entre os dois, durante o primeiro turno, a partida terminou empatada por 1 a 1, na Arena Barueri. Bruno Lopes marcou o gol rubro-negro, enquanto Cristian anotou para o Brasil de Pelotas.

Foto: Jefferson Oliveira / Oeste FC
Foto: Jefferson Oliveira / Oeste FC
RETORNOS
Para esse confronto direto,o técnico Bolívar tem três retornos importantes em relação ao jogo da última terça-feira, quando o Xavante perdeu para o Vitória, por 3 a 0. O zagueiro Heverton, o volante Eduardo Person e o meia Diogo Oliveira cumpriram suspensão automática em Salvador. Os três, inclusive, devem começar jogando a partida de sábado.

“Nós já sofremos muito com desfalques e ter atletas de volta é sempre importante para ampliar nossas possibilidades. Vamos analisar com cuidado, não vai ser um jogo fácil, sabemos da qualidade do adversário”, avaliou Bolívar.

BAIXAS
O técnico do Oeste, Renan Freitas, não poderá contar com os jogadores Cléber Reis, Elvis, Matheus Oliveira e Thiaguinho, todos suspensos pelo 3º cartão amarelo. Matheus é o único que não é titular. Até por isso, Renan não espera um jogo fácil, apesar de mostra otimismo.

“Sabemos como é o Brasil de Pelotas, time de muita pegada, muita disposição, que luta muito também e vamos tentar igualar nessa pegada e sobressair um pouco na técnica e conseguir fazer um grande jogo”, comentou o comandante