Segundona: Sem casos de covid-19, técnico inicia treinamentos visando estreia do Tupã

E quem irá comandar o Tupã é o técnico Bira Arruda, que já havia iniciado a pré-temporada, antes da paralisação

por Agência Futebol Interior

Tupã, SP, 17 17 (AFI) - O Tupã iniciou seus treinamentos na última segunda-feira (14), após realização dos testes para covid-19 exigido pela Federação Paulista de Futebol e todos os exames deram negativos. Com isso, o clube manteve uma base que estava antes da parada e tem estreia em casa no Campeonato Paulista Segunda Divisão, diante do Osvaldo Cruz, em 18 de outubro.

E quem irá comandar o Tupã é o técnico Bira Arruda, que já havia iniciado a pré-temporada, mas com o coronavírus, todos os clubes foram obrigados a pararem suas atividades. Com a retomada, o treinador quer manter foco total na competição.

"Conseguimos manter uma base que havia iniciado a pré-temporada antes da pandemia e no retorno buscamos algumas peças pontuais. Nós respeitamos todas as normas, datas e protocolo da federação e os exames foram realizados no dia 10. Graças a Deus os resultados todos deram negativos”, disse o treinador.

Antes de assumir o Tupã no início do ano, o técnico Bira Arruda esteve na Granja Comary para concluir o Curso da Licença A da CBF Academy. Logo em seguida, recebeu algumas propostas mas optou pela cidade de Tupã e tem como grande objetivo buscar o acesso à Série A3.

“Sou muito grato à diretoria pela escolha e agora é focar completamente nos treinamentos visando a estreia. Estamos treinando há menos de uma semana, mas seguindo e respeitando todos os protocolos para que todos possam trabalhar tranquilos”, disse técnico Bira Arruda.

HISTÓRICO

O treinador teve passagem de sucesso nas categorias de base do Desportivo Brasil, no sub-15, ostentou aproveitamento de 66% no Campeonato Paulista da categoria, com 27 jogos, 16 vitórias, oito empates, três derrotas e alcançou às quartas de final com marca de 53 gols.

Em 2019, Arruda teve a primeira oportunidade real no time de cima. Ele debutou na Série A3 à frente do Olímpia - chegou ao Estádio Maria Tereza Breda em situação difícil, após cinco mudanças no cargo e, com pouco tempo de casa, conseguiu escapar do rebaixamento.

SELEÇÃO

Com vários títulos na base do Desportivo Brasil - Copa Ouro Sub 15 de 2017, Torneio Brasil-Japão Sub 14 de 2018, Torneio DB/Luneng Shandong Sub 16 de 2017 -, Bira também soma a terceira colocação na Copa Paulista de 2016 como auxiliar técnico do profissional do Rio Claro.

Seus ótimos trabalhos na base fizeram com que dois atletas do time de Porto Feliz fossem convocados à Seleção Brasileira: o goleiro Gustavo e o atacante Daniel.

SAIBA MAIS

Ex-jogador com passagens pelas categorias de base de São Paulo, Boa Esporte, Santos e profissional de Lemense, Palmeiras, Desportiva-ES, Marília e Uberlândia, Bira foi coordenador técnico do São José/Cerquilho.

Ele ainda foi observador técnico do Trivela Soccer, auxiliar técnico no Rio Claro e treinador do Botafogo Academy-SP, no projeto China. Na beira do gramado nas categorias inferiores, vem de ótimos resultados e conquistas.

Além de campanha positiva no Paulista Sub 15, levou o Desportivo Brasil ao bicampeonato da Copa Ouro, em 2017, após vencer o São Paulo, em pleno CT de Cotia, por 2 a 0 e conquistou o Torneio Brasil–Japão de 2018 ao fazer 4 a 2 no Verdy Yomiuri.

CURRÍCULO

Formação Acadêmica

Licença A na Confederação Brasileira de Futebol - CBF

Princípios do Futebol - Universidade do Futebol

MBA em Gestão de Negócios - 2003

Linha de Pesquisa: Gestão Futebol - UNIVEM Ensino Superior

Bacharelado em Direito (2000) - Universidade de Marília

Professor de Graduação e Pós Graduação em Gestão de Pessoas - 2001/2006 - FGV - UNIP - Faculdade Anhanguera e outras

Palestrante Profissional em Formação de Equipes - Desde 2004