Seleção FI do Paulista A2 tem meio de campo veloz e defesa decisiva

O Portal Futebol Interior escolhe mais uma vez os melhores da rodada do estadual

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 13 (AFI) - A Série A2 do Campeonato Paulista continua a todo vapor. Com o fim da quarta rodada, mais uma vez o Portal Futebol Interior, com o auxílio de cronistas esportivos de todo o estado, organizou a seleção da rodada.

O destaque fica por conta de uma dupla de zagueiro que balançou as redes, além de um meio de campo de muita velocidade com nomes como Marcinho, do Guarani, e Cassinho, do Taubaté, também tem espaço para o goleador Vitor, do Bragantino.

CONFIRA A SELEÇÃO DA QUARTA RODADA DA SÉRIE A2:

Deola fechou o gol do Moleque
Deola fechou o gol do Moleque

Goleiro: Deola (Juventus)
Apesar de ter sido bastante criticado e ganhar até uma 'homenagem' nos muros da Rua Javari, Deola foi importante para que o Juventus conquistasse sua primeira vitória na Série A2 do Paulista. Teve boas intervenções, principalmente aos 16 minutos do primeiro tempo, quando fez uma grande defesa e evitou um gol que poderia mudar a história do jogo.

Lateral-direito: Bruno Santos (Portuguesa)
Efetivo no apoio ao ataque, Bruno Santos foi uma das principais armas ofensivas da Portuguesa e levou bastante perigo à defesa do Sertãozinho. Foi ele quem deu a assistência para Adilson marcar o único gol da vitória por 2 a 1 sobre o Sertãozinho.

Leandro Silva: gigante pelo Água Santa
Leandro Silva: gigante pelo Água Santa

Zagueiro: Leandro Silva (Água Santa)
Líder isolado, o Água Santa tem mostrando muito equilíbrio dentro de campo, começando por uma defesa consistente, onde Leandro Silva tem se destacado. Na vitória por 2 a 0 sobre o União Barbarense ele se destacou também no ataque, já que fez o primeiro gol.

Zagueiro: Diego Jussani (Guarani)
Ele protagonizou a velha história da redenção dentro de campo. Em um momento, quase colocou tudo a perder, mas depois sagrou-se herói. Foi Deigo Jussani quem cometeu o pênalti que originou o gol do Rio Preto, que saiu na frente do placar. Depois, Marcinho empatou e o próprio Jussani fez o gol da virada.

Lateral-esquerdo: Fabiano (Bragantino)
Marcou muito forte durante toda a partida e foi muito importante taticamente. Criou boas oportunidades pelo lado esquerdo e deu consistência para que o time construísse um bom resultado fora de casa.

Volante: André Cunha (Penapolense)
Experiente, o jogador de 37 anos saiu do banco de reservas para ajudar o Penapolense a bater o Oeste por 2 a 1. Ele fez um jogo muito seguro e deu outra cara ao meio de campo, tanto que a torcida e a imprensa já vem pedindo que ele seja utilizado como titular.

Marcinho foi um dos destaques do Guarani.
Marcinho foi um dos destaques do Guarani.

Meia: Marcinho (Guarani)
O meia é o motorzinho no meio campo bugrino. No jogo diante do Rio Preto , debiaco de um calor imenso, chamou a responsabilidade, fez o gol de empate, e com saída de Fumagalli foi responsável pelas jogadas de ataque do Guarani, que venceu por 2 a 1.

Meia: Cassinho (Taubaté)
O Taubaté tem tropeçado muito porque ainda apresenta muitas falhas defensivas, mas o setor ofensivo tem funcionado muito bem. Cassinho é um dos principais nomes das rodadas iniciais e no empate por 2 a 2 com o XV de Piracicaba voltou a se destacar. Deu assitstência para o gol de Everton e fez o segundo gol do Burro, em cobrança de falta.

Meia: Paulinho (São Caetano)
Foi um dos grandes destaques da equipe na vitória por 3 a 1 sobre o Velo Clube. Deu uma assistência e comandou o meio de campo com uma atuação muito sólida, com liderança e consciência com a bola nos pés.

Atacante: Edinho (Mogi Mirim)
A primeira vitória do Mogi Mirim chegou e da melhor maneira possível. O Sapão da Mogiana goleou o Barretos por 4 a 0, com direito a uma grande exibição do atacante Edinho, que marcou um dos gols do passei mogimiriano.

Edson Só: recuperando o CAP
Edson Só: recuperando o CAP

Atacante: Vitor (Bragantino)
Foi o homem gol do Bragantino na goleada por 4 a 1 sobre o Capivariano. Quando jogo estava 2 a 1, um dos famoso resultados perigosos do futebol, ele apareceu para dar números finais à partida. Fez o terceiro gol alvinegro aos 25 e decretou a goleada aos 33.

Técnico: Edson Só (Penapolense)
Contratado por fazer parte da história do clube com acessos, o técnico vem mostrando porque tem identificação com Penapolense. Ele está invicto na Série A2. Após dois empates no inicio da competição, agora vem de duas vitórias consecutivas e encostou no G4.