Audax x Nacional - No melhor dos cenários, Naça pode terminar a rodada na liderança

Uma vitória simples diante do Vermelhinho, aliada a derrotas de São Bernardo e Guarana, elevariam time de Tuca Guimarães a 1ª posição

por Agência Futebol Interior

Osasco, SP, 09 (AFI) - Empolgado após a história goleada aplicada no Penapolense, por 6 a 0, o Nacional sonha com voos mais altos na Série A2 do Campeonato Paulista. Neste sábado, o clube pode assumir a liderança, momentânea, do estadual, caso vença o Audax, às 17, no Estádio Prefeito José Liberatti, pela 12ª rodada da primeira fase. Para tal, os comandados de Tuca Guimarães precisam que o Taubaté tire a invencibilidade do São Bernardo, e que o Guarani não vença.

No momento, o Naça aparece na 3ª posição com 20 pontos, três atrás do líder São Bernardo, e dois do vice Guarani. Assim sendo, caso o Bugre empate e o Bernô perca, a equipe de Tuca poderia terminar a rodada empatada em 23 pontos com ambos os concorrentes.

Contudo, o clube da capital levaria vantagem nos critérios de desempate, pois tem saldo positivo de 15 gols, contra 10 do time de Wilson Júnior e nove do de Umberto Louzer. O Audax, por sua vez, está na 14ª e antepenúltima posição com 8 pontos. CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA.

Max Sandro tenta evitar rebaixamento do Vermelhinho (Foto: Thiago Bassan / Audax)
Max Sandro tenta evitar rebaixamento do Vermelhinho (Foto: Thiago Bassan / Audax)
ESPERANÇOSOS!
Lutando para permanecer na divisão, Max Sandro se mostra esperançoso. Nesta sexta, o técnico comandou o último treino no CT da Vila Yolanda.

“A nossa expectativa é das melhores. Jogamos bem contra o Oeste, mas o resultado não veio. Esperamos manter o mesmo padrão tático para sair de campo com a vitória. Sabemos que o nacional é time forte, fez 10 gols nos últimos dois jogo, mas quando começa a partida, não tem essa de favoritismo. Vamos colocar em prática tudo que treinamos e buscar a vitória”, disse o treinador.

MUDANÇA
Para a partida diante do Nacional, o comandante irá fazer apenas uma mudança forçada no time titular. Isso por que o zagueiro Brunno Lima recebeu o terceiro cartão amarelo na rodada passada e cumpre suspensão automática. Quem entra na vaga é o Maurício.

Tuca Guimarães faz grande trabalho à frente do Nacional (Foto: Ale Vianna / Nacional)
Tuca Guimarães faz grande trabalho à frente do Nacional (Foto: Ale Vianna / Nacional)
A HORA É AGORA
Em ascensão no estadual, Tuca Guimarães quer que a boa fase do time perdure o máximo possível, pois, assim ele entende que é possível conquistar o acesso.

"Sabemos da importância desse jogo diante do Audax, que tem um time experiente, mas estamos nos preparando muito para fazer um grande jogo. Na rodada passada nosso foco era entrar no G4 e agora precisamos seguir firme para nos mantermos lá. Até por isso, treinamos focados e vamos em busca da vitória", disse o comandante, por meio da assessoria de imprensa do clube.

DESFALQUE!
O único desfalque fica por conta do lateral-esquerdo Caio Mendes, que recebeu o terceiro cartão amarelo na rodada passada e está suspenso. Quem ganha a vaga é Samuel Balbino, substituto direto na posição.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
12ª rodada
Data
10/03/2018
Horário
17h00
Local
Municipal Prefeito José Liberatti - Osasco (SP)
Árbitro
Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral

Assistentes
Eduardo Vequi Marciano e Fausto Augusto Viana Moretti

Cartões Amarelos
Osasco Audax: Matheus Azevedo
Nacional: Everton Dias

Osasco Audax
Jefferson Paulino;
Anderson, Maurício, Adriel e Leo Bahia;
Marquinhos, Matheus Azevedo, Léo Rocha e Denilson (Wesley);
Robert (Gilcimar) e Thiago Silvy (Marcondele).
Técnico: Max Sandro
Nacional
Maurício;
Thiaguinho, Jeferson Souza, Everton Dias e Samuel Balbino;
Everton, Rodrigo Souza, Thiago Santos e Emerson Mi (Vitor Braga);
Bruno Nunes (Luiz Henrique) e Bruno Xavier (Marcelinho).
Técnico: Tuca Guimarães
 
 
" />