Série B: Londrina prepara defesa de Dagoberto por xingamentos a árbitro

O atacante desfalcou o Tubarão diante do América-MG pela expulsão contra o Atlético-GO

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 08 (AFI) - Expulso no empate por 1 a 1 com o Atlético Goianiense, o atacante Dagoberto será julgado nos próximos dias pelas declarações contra o árbitro William Machado Steffen. Apesar do atleta ainda não ter sido denunciado, a diretoria do Tubarão já tem trabalhado na defesa para evitar qualquer tipo de surpresa.

Na ocasião, o árbitro explicou a expulsão de Dagoberto: "Expulsei com cartão vermelho direto, o atleta Sr. Dagoberto Pelentier, n10, da equipe londrina esporte clube, por após receber cartão amarelo por reclamação, o referido me ofendeu com as seguintes palavras: 'Seu merda, cagão, você é um bosta.'

Após apresentar o cartão vermelho em ato continuo o mesmo novamente me ofendeu com os dizeres: 'Seu filho da puta, tu é um merda'. Após todos esses atos foi contido pelos atletas da equipe adversária e deixou o campo de jogo. informo ainda que o referido atleta fora do campo de jogo ( linha de fundo ) caminhando para o seu vestiário voltou a me ofender com as palavras: 'Cagão, seu bosta, filho da puta'. após essas ofensas o referido atleta se dirigiu ao vestiário sem maiores problemas", colocou em súmula.

Dagoberto deve ser julgado na próxima semana
Dagoberto deve ser julgado na próxima semana
Dagoberto, no entanto, postou um vídeo no dia seguinte para desmentir o relato do árbitro. O atacante afirmou ter feito alguns xingamentos, mas negou que tenha o chamado de filho da puta. Ele ainda reforçou ao chamar William Machado de 'cagão'.

O Londrina, que perdeu para o América-MG por 4 a 3, na última terça-feira, aparece na terceira colocação, com 24 pontos, a três do líder Bragantino.