Renato Gaúcho admite que Flamengo foi superior, mas projeta reação no Maracanã

O treinador lembrou as quartas de final, quando a situação era ainda mais complicada, mas o Tricolor eliminou o Palmeiras

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 03 (AFI) – Após o empate por 1 a 1 com o Flamengo na partida de ida da semifinal da Libertadores, o técnico Renato Gaúcho reconheceu que o adversário foi superior, mas mostrou confiança na reação do Grêmio no jogo de volta.

O treinador lembrou a classificação contra o Palmeiras, quando o resultado da primeira partida foi ainda pior, mas o time gaúcho conseguiu buscar a classificação na casa do adversário.

Na ocasião, no confronto de quartas de final, o Flamengo venceu o Grêmio por 1 a 0 em Porto Alegre, mas o time de Renato Gaúcho venceu por 2 a 1, em São Paulo.

“O Flamengo dominou o primeiro tempo. Nós fomos superiores no segundo tempo, mas reitero aqui que o Flamengo é o grande favorito e ainda tem mais 90 minutos. Podemos surpreender como fizemos contra o Palmeiras”, disse.

Renato mostrou seu descontentamento com o desempenho do Grêmio na primeira etapa e repetiu diversas vezes na coletiva de imprensa que o Flamengo dominou a partida nos primeiros 45 minutos e que o clube carioca já poderia ter definido a classificação.

“O Grêmio não viu a bola no primeiro tempo. Eles perderam a chance de ganhar o jogo. O time do Flamengo é repleto de jogadores diferenciados. Assistimos o Flamengo jogar no primeiro tempo. Não que eu esteja me queixando, mas estamos sem quatro jogadores principais, o que prejudica o entrosamento”, afirmou.

Para buscar a classificação, o Grêmio precisa marcar gols no Maracanã, já que o empate por 0 a 0 garante a vaga ao Flamengo. O treinador garantiu que a equipe terá um desempenho melhor na volta.

“O Grêmio gosta de jogar no Maracanã. Eles são os favoritos e tem a vantagem, mas não vamos jogar tão mal do jeito que jogamos aqui. Sem contar que até lá a gente pode contar com que está no departamento médico”, projetou o treinador.