Após eliminação na Série D, Luiz Carlos Winck deixa comando do Caxias-RS

No Caxias desde 2016, o treinador deixa o clube após chegar perto do acesso na Série D do Campeonato Brasileiro

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 12 (AFI) – O Caxias-RS acertou nesta quinta-feira a saído do técnico Luiz Carlos Winck do comando da equipe. O treinador havia chegado ao clube em setembro de 2016 e deixa o clube gaúcho três anos mais tarde, após bater na trave em busca do acesso na Série D do Campeonato Brasileiro.

Neste período, Luiz Carlos Winck comandou o Falcão Grená em 49 partidas, tendo vencido 24 vezes, empatado 16 e perdido nove. O treinador chegou a ter uma passagem pelo Criciúma no segundo semestre de 2017, quando o Caxias não disputou nenhum torneio. O treinador retornou em novembro do mesmo ano.

Após eliminação na Série D, Luiz Carlos Winck deixa comando do Caxias-RS
Após eliminação na Série D, Luiz Carlos Winck deixa comando do Caxias-RS
O treinador chegou a recusar três propostas na atual temporada para buscar o acesso pelo clube. O Caxias-RS chegou às quartas de final da Série D com uma das melhores campanhas do torneio, mas acabou perdendo os dois jogos do acesso para o Treze-PB, por 1 a 0 e 3 a 1, sendo eliminado.

Winck venceu uma Copa Larry Pinto de Faria pelo clube, em 2016, quando chegou para substituir Beto Campos. Em 2017, foi campeão do interior no Campeonato Gaúcho.

A diretoria do Falcão Grená ainda está definindo se disputará a Copa Gaúcha nesta temporada. O clube já garantiu vaga na Série D da próxima temporada, mas pode buscar vaga na Copa do Brasil através da competição.

 
 
" />