Série D: Santa vira para 50 mil; Sampaio e Joinville põem mão na vaga

Santa Cruz-PE sofreu, mas conseguiu fazer a alegria dos cerca de 50 mil torcedores presentes no Arruda

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 05 (AFI) – O Santa Cruz-PE sofreu, mas conseguiu fazer a alegria dos mais de 50 mil torcedores presentes no Arruda. Com uma virada espetacular, o time largou na frente na rodada de ida da segunda fase do Campeonato Brasileiro da Série D contra Guarany-CE. Outros dois clubes que conquistaram boa vantagem neste mata-mata foram Sampaio Corrêa-MA e Joinville-SC. Um dos candidatos ao acesso, o Remo empatou fora.

O Arruda foi palco de um jogo histórico. O resultado final pode não ter sido dos melhores, mas valeu cada centavo que foi pago pelos cerca torcedores tricolores. Após começar perdendo com dois gols contra do zagueiro Leandro Cardoso, o Santa Cruz, empurrado por sua torcida, conseguiu a virada, e bateu o Guarany-CE, por 4 a 3.

Apesar do resultado heróico, o Tricolor pernambucano será obrigado a empatar ou apostar em uma improvável derrota por 5 a 4, para garantir a vaga na volta no próximo domingo, às 16 horas, no Estádio Junco, em Sobral. Já os cearenses podem ganhar até por um gol de diferença, se sofrerem no máximo dois.

Outro time de torcida imensa, o Remo conseguiu arrancar um empate sem gols contra o Vila Aurora-MT, em Rondonópolis. O resultado garante ao Leão do Norte a possibilidade de jogar por uma vitória simples, domingo que vem no Mangueirão. Por outro lado, a equipe matogrossense precisa apenas de um empate com gols para carimbar seu passaporte.

Grande vantagem
Quem colocou uma mão na vaga foi o Sampaio Corrêa. O time maranhense atropelou o CSA-AL, por 5 a 0, no Nhozinho Santos, em São Luís. Com isso, poderá perder por até quatro gols na volta, que acontece no próximo domingo, em Maceió. Os alagoanos, que tiveram a melhor campanha da primeira fase e estavam invictos, terão de vencer por seis gols de diferença.

O Joinville também deu um passo importante na briga por vaga. O Tricolor bateu o Iraty, por 2 a 0, no interior paranaense, e agora joga por até uma derrota por um gol, na Arena Joinville, no domingo. Os paranaenses terão de vencer por três gols de diferença ou até dois, desde que marquem um.

Lição de casa
Os demais times fizeram a lição de casa, mas a disputa ainda está aberta. Com uma bela virada, o América-AM derrotou o Mixto, por 3 a 1, em Manaus. Agora, o time do Norte pode até perder por um gol, em Cuiabá, que garante vaga à terceira fase. Já o Alvinegro joga por uma vitória por 2 a 0 ou três gols de diferença.

O Fluminense de Feira-BA bateu o Brasília-DF, por 1 a 0, em Feira de Santana, e tem a vantagem do empate, na capital brasileira. Os candangos jogam uma vitória, por dois gols de diferença. O Operário-PR também bateu o Metropolitano-SC pela contagem mínima e vive situação semelhante ao Flu baiano.

Regulamento
Diferentemente da fase de grupos, na segunda fase os times se enfrentarão no sistema de mata-mata. O time de melhor campanha na primeira fase tem a vantagem de decidir em casa. Em caso de empate, a decisão irá aos pênaltis.

Confira a rodada de ida da 2.ª fase:

Sábado
Rio Branco-ES 1 x 1 Madureira-RJ
Tupi-MG 2 x 2 Uberaba-MG
Araguaína-TO 1 x 1 Treze-PB

Domingo
Iraty-PR 0 x 2 Joinville-SC
Operário-PR 1 x 0 Metropolitano-SC
Fluminense de Feira-BA 1 x 0 Brasília-DF
Santa Cruz-PE 4 x 3 Guarany-CE
Sampaio Corrêa-MA 5 x 0 CSA-AL
América-AM 3 x 1 Mixto-MT
Vila Aurora-MT 0 x 0 Remo-PA