Volante do Grêmio revela surpresa com chamado de Tite: 'Achei que era a olímpica'

Com apenas 21 anos, Matheus Henrique é nome forte para disputar os Jogos Olímpicos em 2020

por Agência Estado

Campinas, SP, 08 - Um dos novatos convocados por Tite para defender a seleção brasileira nas partidas contra Senegal e Nigéria, Matheus Henrique admitiu ter ficado surpreso com a presença na lista.

Nesta terça-feira, em Cingapura, onde a equipe se prepara e vai enfrentar as equipes africanas, o meio-campista revelou que até imaginava ter sido chamado para a seleção olímpica.

A razão para surpresa se dá pela precocidade de Matheus Henrique, de apenas 21 anos, com idade, portanto, para defender a equipe dirigida por André Jardine, que realizou a convocação na mesma data em que Tite chamou a seleção principal.

Matheus Henrique se diz surpreso com convocação de Tite à Seleção Brasileira - Lucas Figueiredo / CBF
Matheus Henrique se diz surpreso com convocação de Tite à Seleção Brasileira

"A convocação para a seleção olímpica foi no mesmo dia, então estava achando que era para a sub-23. Agora tenho de aproveitar e desfrutar", disse Matheus Henrique, que neste ano foi titular na seleção olímpica que venceu o Torneio Maurice Revello, o tradicional Torneio de Toulon.

Agora na seleção principal, Matheus Henrique tem seguido os passos de outros volantes gremistas. Afinal, antes dele, Walace e Arthur se destacaram com a camisa do clube gaúcho, depois se transferindo para o futebol europeu, além de terem sido convocados para a seleção brasileira.

Na sua entrevista coletiva em Cingapura, Matheus Henrique revelou que essa "escola" de volantes é tema de brincadeiras no Grêmio de outro jogador da posição, o experiente Maicon, de 34 anos, no clube desde 2015. "Ele fala muito que está vendendo todo mundo e ficando lá. O Maicon é excepcional, nosso líder, nosso capitão", afirmou.