Luto! Ex-goleiro do Guarani morreu há um ano, mas pouca gente sabia

Bessa tinha 64 anos, jogou no Guarani e na Seleção Brasileira e morreu há um ano, no dia 27 de maio de 2018, em Itapetinga

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 14 (AFI) - A morte de um goleiro do Guarani nos anos 1970 passou desapercebida do noticiário esportivo. O ex-goleiro Bessa, que tinha 64 anos e jogou no Guarani e na Seleção Brasileira no Sul Americano de 1974, morreu há um ano, no dia 27 de maio de 2018, em Itapetininga, no interior paulista.

Bessa nos tempos de Guarani e Seleção Brasileira
Bessa nos tempos de Guarani e Seleção Brasileira

Nascido em Santos no dia 21 de abril de 1954, Luiz Augusto Bessa Neto foi revelado pela Portuguesa Santista e contratado pelo Guarani com apenas 20 anos.

No Guarani teve algumas oportunidades como titular, mas as constantes convocações para as Seleções de base não permitiram que Bessa tivesse uma sequência e assumisse a titularidade da meta bugrina.

BESSA PODERIA TER SIDO CAMPEÃO BRASILEIRO EM 1978 NA RESERVA DE NENECA
Em 1978, quando podeira ter sido campeão brasileiro pois dividia a reserva do titular Neneca com João Roberto, Bessa acabou sendo emprestado à Chapecoense-SC.

Bessa (goleiro), titular do Guarani em 1975
Bessa (goleiro), titular do Guarani em 1975

Também esteve emprestado, pelo Guarani, ao Botafogo de Ribeirão Preto.

Depois jogou vários anos em equipes do Paraná como Pinheiros, Londrina e Operário e, já sentindo muitas dores em razão de uma contusão no braço, ainda defendeu Moto Clube-MA, Jabaquara e Lemense.

Após parar de atuar profissionalmente, Bessa radiciou-se em Itapetinga, no interior paulista, onde tinha um comércio e atuava como comentarista em uma TV local.