Tênis: Irmãos Murray vencem nas duplas e mantém britânicos vivos contra a Argentina

Eles venceram Juan Martín Del Potro e Leonardo Mayer nas duplas por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6, 6/4 e 6/4

por Agência Estado

Campinas, SP, 17 - A Grã-Bretanha estava pressionada e poderia dar adeus às chances de bicampeonato da Copa Davis neste sábado, mas os irmãos Jamie e Andy Murray mantiveram o país vivo na disputa. Eles venceram Juan Martín Del Potro e Leonardo Mayer nas duplas por 3 sets a 1, com parciais de 6/1, 3/6, 6/4 e 6/4, e diminuíram a vantagem da Argentina nas semifinais da competição para 2 a 1, para delírio da torcida em Glasgow.

Com o resultado, a Grã-Bretanha precisa vencer as duas partidas restantes do confronto, neste domingo, para voltar à decisão. No último dia de disputas, o número 2 do mundo, Andy Murray, vai encarar o 49.º do ranking, Guido Pella. Se o britânico vencer, a vaga na final será definida no duelo de Del Potro (64.º) com Kyle Edmund (55.º).

Irmãos Murray vencem e mantém britânicos vivos ante Argentina na Davis
Irmãos Murray vencem e mantém britânicos vivos ante Argentina na Davis
O confronto deste sábado ainda marcou mais um enfrentamento de Andy Murray com Del Potro. Há pouco mais de um mês, os dois decidiram o torneio de tênis da Olimpíada do Rio, e o britânico levou a melhor. O argentino, no entanto, deu o troco na sexta-feira, na primeira partida desta semifinal.

Só que neste sábado, Murray se deu melhor mais uma vez, muito em função da ótima atuação de seu irmão Jamie, número 4 do mundo nas duplas. Os britânicos souberam atacar o serviço dos adversários e chegaram a ter 13 break points, dos quais confirmaram cinco.

Apesar da derrota, a Argentina segue em vantagem e está mais próxima do sonho de disputar a final da Copa Davis pela quinta vez. Nas outras quatro ocasiões (1981, 2006, 2008 e 2011) ficou com o vice. Os britânicos, por sua vez, têm 10 títulos, sendo o ultimo no ano passado. Quem passar, enfrenta o vencedor do duelo da outra semifinal entre Croácia e França.