Série C: Invicto a 12 jogos, Boa Esporte é o time mais 'equilibrado' da divisão

Com a melhor defesa e o segundo melhor ataque, o time boveta espera passar pelo Juventude nas semifinais

por Agência Futebol Interior

Varginha, SP, 14 (AFI) - Em preparação para enfrentar o Juventude às 18h30 deste sábado, pela rodada de ida das semifinais da Série C do Brasileiro, o Boa Esporte se destaca como o time que demonstrou mais equilíbrio desde o início da competição. No primeiro duelo pela vaga na final, o time espera manter os números.

A equipe boveta não perde nenhum jogo desde a nona rodada, um jogo antes de Ney da Matta assumir o comando após Julinho Camargo entregar o cargo por motivos pessoais. Desde lá, são 12 jogos de invencibilidade (11 sob o comando de Ney). Ou seja, o atual treinador não perdeu nenhum jogo. Antes dele, foram três derrotas.

Os números comprovam não só a eficiência, como também o bom desempenho geral do time dentro de campo. O Boa tem a melhor defesa da terceira divisão nacional, com apenas 10 gols sofridos. No ataque, os dados também são expressivos. O time tem o segundo melhor ataque, com 29 gols feitos, um a menos que o Guarani, que tem 30. O saldo de gols boveta é o maior de todos: 19.

"Isso tudo é fruto da sequência de um trabalho e de uma filosofia bem assimilada pelos atletas. Nós conquistamos o nosso lugar na Série B com número que não deixam dúvidas quanto ao nosso merecimento. Agora, estamos trabalhando para manter o desempenho, com o mesmo nível de competitividade, para que possamos passar pelo Juventude", afirmou o técnico Ney da Matta.

O Boa Esporte subiu para a Série B com campanha marcada pelo equilíbrio. (Foto: Asscom / Boa EC)
O Boa Esporte subiu para a Série B com campanha marcada pelo equilíbrio. (Foto: Asscom / Boa EC)

Outro dado que chama a atenção é o fato de que, nessa sequência invicta, o time sofreu apenas um gol, e o autor desse gol é justamente o Juventude, em empate por 1 a 1, na 14ª rodada da fase classificatória. Na 4ª rodada, os times se encontraram pela primeira vez, em Varginha, e o Boa venceu o duelo por 2 a1.

PREPARAÇÃO
A delegação do Boa Esporte chegou ao Rio Grande do Sul na noite desta quinta-feira. Nesta sexta, Ney da Matta comandou as últimas atividades antes do duelo com o Juventude. Para o jogo, deve ter todo o elenco à disposição e pode repetir a escalação utilizada na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo-PB, no jogo do acesso.

O treinador pode fazer alterações, mas não indicou nada durante os treinamentos. Existe a possibilidade de Genesis ganhar uma chance no time titular, já que entrou bem no segundo tempo contra o Belo e marcou o gol da vitória Boveta. Daniel Cruz é outra opção que pode aparecer no time titular.

O Boa pode ir a campo com Daniel Luiz, Leonardo, Édson Borges, Bruno Maia e Romano; Escobar, Itaqui, Fellipe Mateus e Tchô; Braian Samúdio (Genesis) e Rodolfo.