Série B: Daniel Paulista valoriza empate e invencibilidade contra Ponte: "Fizemos 4 pontos contra nosso grande adversário"

O treinador ainda comemorou a polêmica sobre a substituição de Régis, que saiu de campo reclamando

O Bugre volta à campo, já nesta terça-feira contra o Rem, no estádio Brinco de Ouro

Categorias: Dérbi Campineiro

Por: Agência Futebol Interior, 18/09/2021

Daniel Paulista Guarani
Daniel Paulista comemora ponto em partida fora de casa. Foto: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Campinas, SP, 18 (AFI) – O Dérbi 201, disputado no Moisés Lucarelli, terminou empatado em 0 a 0. Depois da partida, o treinador do Guarani, Daniel Paulista, falou sobre o resultado e a importância de se manter invicto no clássico campineiro.

“Foi um jogo como um dérbi, como um clássico. Muita disputa, muito contato físico, muita marcação encaixada. Isso dificultou principalmente o nosso sistema ofensivo. Nós não conseguimos triangular, nós não conseguimos entrar tocando, que é uma característica da nossa equipe, principalmente pelos jogadores que tínhamos hoje à disposição na equipe. O jogo foi muito truncado, amarrado, de poucas oportunidades.”

O treinador ainda rebateu uma polêmica. Durante o jogo, Daniel Paulista, optou pela substituição de Régis, que saiu de campo reclamando da substituição. Durante a coletiva, o técnico minimizou as reclamações, garantindo que foi “coisa de jogo”.

“O Régis, em momento nenhum, saiu reclamando pela substituição. Ele saiu incomodado porque a equipe não conseguiu desenvolver o jogo que gostaríamos. E teve um desentendimento com torcedores que estavam em cima do banco. Mas em momento nenhum houve um problema em relação a isso, nem com o Régis, nem com nenhum atleta, até porque todos sabem que o nosso intuito é sempre tentar buscar um algo novo”, afirmou o treinador.

BOA ESCOLHA?

Para o jogo, Daniel Paulista optou pelo atacante Todinho , no time titular. Escolha que causou certa surpresa nos torcedores do clube, já que após o retorno ao Bugre, o atacante não estava repetindo as boas atuações da primeira passagem.

 “Nós treinamos a escalação do Todinho durante a semana toda. Após o jogo contra o CSA, até pela característica da equipe da Ponte Preta, nós já tínhamos a ideia de fazer a alteração para tentar dar mais movimentação, para tentar dar mais velocidade, mobilidade, principalmente em cima da última linha defensiva do adversário”, afirma Daniel.

CAMPANHA NA COMPETIÇÃO

Com o empate, o Bugre, chegou a 38 pontos na Série B e ocupa a 5° colocação na tabela de classificação. E tem chances reais de acesso para a elite do futebol nacional. Para a próxima rodada, o Guarani recebe o Remo, e irá reencontrar o treinador Felipe Conceição. O duelo está marcado para o estádio Brinco de Ouro, na terça-feira (21) às 16h.

Confira também: