Série B: Técnico da Ponte, Gilson Kleina exalta empate contra o Guarani: "Temos que valorizar o ponto conquistado"

Na noite desta sexta-feira, a Macaca ficou no empate por 0 a 0 diante do Guarani

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 18/09/2021

GilsonKleina Ponte 1

​Campinas, SP, 18 (AFI) – O ponto conquistado no empate sem gols diante do Guarani, em pleno Moisés Lucarelli, não tira a Ponte Preta de perto da zona de rebaixamento, mas faz com que a crise não se instale em uma equipe que vem de altos e baixos dentro do Campeonato Brasileiro da Série B. O técnico Gilson Kleina aproveitou o momento para exaltar o ponto conquistado frente o seu maior rival.

“O primeiro papel é a gente tentar fazer sempre o nosso resultado de vitória. Se a gente não conseguir, que a gente tenha que pontuar. Ainda mais em um clássico, em uma equipe que está pleiteando o G-4. E nós fazendo de tudo para engrenar, ter uma caminhada para a gente poder trocar de patamar. Nós temos que valorizar esse ponto, eu entendo assim”, disse o treinador.

Gilson Kleina fez o seu sétimo jogo contra o Guarani no comando da Ponte Preta, e o retrospecto é equilibrado. O treinador venceu duas, perdeu outras duas e empatou três. Segundo o treinador, faltou um pequeno detalhe para a Alvinegra sair com a vitória na noite desta sexta-feira.

GilsonKleina Ponte
Gilson Kleina falou sobre empate da Ponte

“O time cresceu, pegou confiança. Tivemos arremate de fora da área, jogada de bola parada. E a equipe se equilibrou. Acho que faltou realmente o detalhe de um melhor posicionamento na bola parada, uma finalização melhor, que nós procuramos. E ao mesmo tempo, de repente, nessa bola que eu falei, se tivesse um pouco mais de tranquilidade”, completou.

O comandante ainda revelou o estudo que fez da equipe do Guarani. “Nós fizemos um estudo muito grande, de jogador por jogador. Quando entra no Thales, a primeira opção é colocar no Bruno Sávio. Nosso comprometimento para formar o triângulo defensivo foi muito forte. A gente teve dificuldade que fizemos o gatilho de forma errada no começo. Depois que a gente conseguiu encaixar, sem deixar os volantes construírem. Também preenchemos o meio com o André, o Marquinhos e o Fessin. Foi um jogo muito disputado nesse setor. Enaltecer a entrega dos jogadores. Fizemos de tudo para sair com a vitória”, finalizou.

RODADA!
Com o empate, a Ponte Preta chegou aos 26 pontos, na 15ª colocação, contra 24 do Vitória, o primeiro dentro da zona de rebaixamento. A Macaca não poderá ser mais ultrapassada na rodada.

Confira também: