Em crise, time da Série B suspende ex-presidentes e pede ajuda do MP

Após uma reunião do conselho deliberativo nesta terça-feira, Humberto Martorelli e Arnaldo Barros foram suspensos e serão investigados

Publicado em .

Após uma reunião do conselho deliberativo nesta terça-feira, Humberto Martorelli e Arnaldo Barros foram suspensos e serão investigados

Recife, PE, 14 (AFI) - Sem vencer há três jogos e caindo pelas tabela da Série B do Campeonato Brasileiro, o Sport também está vivendo problemas fora de campo. Tanto que nesta terça-feira, após uma reunião, o conselho deliberativo do clube pernambucano abriu três processos contra os últimos dois ex-presidentes: João Humerto Martorelli e Arnaldo Barros por possíveis crimes tributários e fiscais.

Dos três processos, o primeiro é de um pedido de exclusão dos dois ex-mandatários do quadro de sócios do clube. Já o segundo é para que seja entregue todas as provas e documentações levantadas pelo conselho para o Ministério Público de Pernambuco para que ambos sejam investigados judicialmente e o terceiro é a possibilidade da aberto de um processo civil interno contra os dois.

Em crise, time da Série B suspende ex-presidentes e pede ajuda do MP
Em crise, time da Série B suspende ex-presidentes e pede ajuda do MP
Segundo a atual gestão, que é liderada pelo presidente Milton Bivar, o clube só está vivendo essa grave crise financeira por conta dos dois últimos mandatos. Tanto que as contas da gestão de Arnaldo foram reprovadas pelos atuais membros do conselho.

Esse conselho fiscal é composto pelo advogado Etério Galvão, que é presidente da mesa e tem ao seu lado os conselheiros Aristides Batista, João André Rodrigues, Ivone Fonseca e Fábio Monterazzo. O grupo está em cima dos números do Sport nos últimos dois meses e vem percebendo diversos crimes tributarios cometidos pelos ex-presidentes.