Montoya, Maicon e Luan são descartados e Grêmio viaja ao Ceará cheio de baixas

Os 20 jogadores relacionados por Renato para o jogo em Fortaleza farão um treino na manhã deste sábado

Publicado em .

Grêmio baixas brasileirão

Porto Alegre, RS, 17 - O técnico Renato Gaúcho não vai contar com vários titulares do time do Grêmio para a partida deste domingo, às 19 horas, no Castelão, diante do Ceará, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Depois do zagueiro Kannemann (suspenso), do zagueiro Paulo Miranda, do meia Jean Pyerre e do atacante Diego Tardelli (todos machucados), juntam-se à lista os meias Montoya e Luan, além do capitão Maicon.

Os 20 jogadores relacionados por Renato para o jogo em Fortaleza viajaram nesta sexta-feira à tarde e farão um treino na manhã deste sábado.

O Grêmio é o 18º colocado no Campeonato Brasileiro, com apenas dois pontos em quatro jogos disputados. (Foto: Divulgação)
O Grêmio é o 18º colocado no Campeonato Brasileiro, com apenas dois pontos em quatro jogos disputados. (Foto: Divulgação)

DÚVIDAS

No mesmo horário, mas em Porto Alegre, Jean Pyerre, Paulo Miranda e Diego Tardelli participarão de um coletivo para saberem se terão condições de jogar contra o Juventude, quarta-feira, em Caxias do Sul, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Com todos os desfalques, o time mais provável do Grêmio para o jogo em Fortaleza deve formar com: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Michel (Rodrigues) e Capixaba; Rômulo (Michel), Matheus Henrique, Alisson, Thaciano e Everton; André.

CONVOCADO

Garantido no jogo de domingo, o atacante Everton também festejou a convocação para a seleção brasileira que vai disputar a Copa América.

"Venho colhendo os frutos. Que a gente possa sair vitorioso nesta competição. A gente estava almoçando, estava naquela ansiedade, perdi um pouco a fome ", disse

"Fiquei bastante feliz, muito contente mesmo", afirmou o jogador no aeroporto durante o embarque para Fortaleza.

CENÁRIO

O Grêmio é o 18º colocado no Campeonato Brasileiro, com apenas dois pontos em quatro jogos disputados. O ataque marcou seis gols, enquanto a defesa foi vazada em oito oportunidades.