Paulista A3: Presidente do Rio Preto e clube ganham ações na justiça contra sócio suspenso e vereador

Time segue se preparando para a disputa da A3

Além de do trabalho em campo, time tem conquistado vitórias nos tribunais

Categorias: Futebol Interior

Por: Oscar Silva, 12/01/2022

IMG 42541 Easy Resize.com
José Eduardo Rodrigues, presidente do Rio Preto - Foto: Muller Merlotto Silva

São José do Rio Preto, SP, 12 (AFI) – Com uma administração toda voltada para as coisas do Rio Preto, nos quesitos patrimônio, imagem do clube e montagem do time para a disputa do Campeonato Paulista da Série A3, o presidente esmeraldino, Dr. José Eduardo Rodrigues, tem motivo para comemorar naquilo que vem fazendo na sua gestão, com trabalho muito árduo. Numa séries de ações judiciais contra o clube rio-pretense, o clube da Vila Universitária conseguiu êxito para a satisfação do dirigente.
SENTENÇAS
Dando sequência a uma série de ações judiciais movidas contra o clube e o seu presidente, o sócio suspenso Márcio Luiz Mendonça, atualmente respondendo a processo de prestação de contas referente ao período que foi tesoureiro no clube rio-pretense, moveu e perdeu mais uma ação de dano moral. Agora, Mendonça promove duas ações contra o Rio Preto para não pagar a conservação e manutenção de sua cadeira cativa e de seu camarote, alegando que o preço cobrado pelo clube está alto.
Não bastasse, a gana em prejudicar o clube é tão grande, que o mesmo age nos bastidores, pois além de ações judiciais movimenta toda uma série de perseguição ao verde e branco junto ao Ministério Público, Prefeitura, Ministério do Trabalho, Federações e outros, segundo disse Rodrigues. Esta sentença foi procedimento do Juizado Especial Cível, por indenização por danos morais. Na decisão, o juiz Cristiano de Castro Jarreta Coelho destacou que ocorreu publicação de decisão judicial no Facebook do clube, não ocorrendo nenhum excesso e o fato comentado era público. Processo nº: 1038849-47.2020.8.26.0576.
TEM MAIS
Em outra sentença, o mesmo magistrado considerou que o vereador licenciado e atual Secretário de Esportes de São José do Rio Preto, Fábio Ferreira Dias Marcondes, atacou o clube e o dirigente rio-pretense, onde ocorreu pronta resposta do presidente José Eduardo Rodrigues, improcedente ações de danos morais movida por Marcondes contra a agremiação. Na oportunidade, o juiz considerou direito de resposta e fato público. Processo nº: 1022875-33.2021.8.26.0576.
Já o juiz Antonio Roberto Andolfatto de Souza deu aval e justiça retira a empresa Consteni Engenharia e Construção Ltda, da administração do Shopping Iboruna, que pertence a instituição Rio Preto e promove reintegração de posse dos boxes, antes ocupado pela empresa. O clube pleiteia ainda valores na ação provida por quebra de confiança. Processo Digital nº: 1009858-27.2021.8.26.0576.

Confira também: