LIGA DAS NAÇÕES: Campeã mundial, França empata sem gols com Alemanha

As duas seleções decepcionaram e não apresentaram um bom futebol em Munique

por Agência Estado

São Paulo, SP, 06 - Ainda em ritmo lento neste início de temporada europeia, Alemanha e França se enfrentaram em Munique, pela estreia da Liga das Nações da Uefa, e não passaram de um empate sem graça por 0 a 0 nesta quinta-feira. No confronto entre os atuais campeões do mundo com a maior decepção da última Copa, as chances foram escassas e o placar representou bem o que aconteceu em campo.

Talvez ainda vivendo o clima da última Copa, Alemanha e França decepcionaram neste primeiro teste após o Mundial. Precisando mais da vitória para mostrar serviço ao torcedor após a surpreendente queda na primeira fase na Rússia, os alemães ainda tentaram nos minutos finais e pressionaram, mas pararam em dia inspirado do goleiro Areola.

O jogador do Paris Saint-Germain, aliás, foi o grande personagem da partida. Campeão do mundo sem nunca ter entrado em campo pela seleção, ele foi a única novidade no time titular em relação ao que venceu a Copa - Lloris não pôde atuar. E em sua estreia com a camisa do país, não decepcionou e garantiu o empate.

França e Alemanha ficaram no empate sem gols na estreia da Liga das Nações
França e Alemanha ficaram no empate sem gols na estreia da Liga das Nações
Com o resultado, franceses e alemães somam um ponto no Grupo 1 da Liga A, que conta ainda com Holanda, adversária da França no domingo, em Paris. No mesmo dia, a Alemanha recebe o Peru em amistoso na cidade de Sinsheim.

COMEÇO PEGADO
Nesta quinta, o começo do jogo foi pegado, com muitas faltas duras e pouca inspiração. O primeiro bom momento foi da Alemanha, em cobrança de escanteio que Hummels jogou para fora. No minutos seguinte, Giroud finalizou de cabeça após cruzamento de Mbappé e parou em Neuer.

O mesmo Giroud ainda tentou de letra após outra boa jogada de Mbappé nos acréscimos, mas foi só no primeiro tempo. Na volta do intervalo, Griezmann arriscou de fora da área logo aos quatro minutos, mas o goleiro alemão voltou a intervir bem. Aos 18, em novo confronto entre eles, Neuer voltou a parar Griezmann.

PRESSÃO DA ALEMANHA
A partir daí, só deu Alemanha. Talvez pela maior necessidade de vencer, os donos da casa se lançaram ao ataque e deram alguma emoção à partida. Reus tentou de fora da área e Areola voou para espalmar.

Mas a melhor jogada da partida aconteceu aos 26. Reus puxou contra-ataque e tocou para Hummels, que deu lançamento perfeito para Thomas Müller. A finalização do atacante foi travada e a sobra ficou com o próprio zagueiro, que encheu o pé de primeira. Areola fez grande defesa.

O goleiro ainda coroou sua grande atuação com duas defesas na sequência aos 29. Thomas Müller tentou cruzamento da esquerda e a bola ia direto para o gol, mas Areola se recuperou para espalmar. Na cobrança de escanteio, Ginter subiu sozinho e testou firme. O jogador do PSG defendeu no reflexo e garantiu o empate.

 
 
" />