Paulista A2: Eliminado pelo Guarani em 2018, XV faz novo duelo regional pelo acesso

Dessa vez, clube piracicabano espera um desfecho diferente na missão de voltar à elite

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 09 (AFI) - O XV de Piracicaba disputará pelo segundo ano consecutivo as semifinais do Campeonato Paulista da Série A2, agora na expectativa de um desfecho diferente. Depois de perder o acesso do ano passado para o Guarani, a missão da vez é contra a Inter de Limeira, outro rival da região, com maior proximidade entre as cidades.

Em 2018, o caminho para chegar às semifinais foi mais curto, uma vez que o formato não continha quartas de final, com a semi logo depois da primeira fase.

Com uma campanha dois pontos superior a da atual temporada, o XV abocanhou a última vaga no G4, com 26 pontos somados e decidiu o acesso contra o Guarani, que avançou na liderança, com 31 pontos.

A eliminação veio sem nenhum gol marcado. Depois de um empate sem gols no jogo de ida, no Barão de Serra Negra, o Nhô Quim perdeu por 1 a 0 em Campinas, no Brinco de Ouro, com gol marcado por Ricardinho. O time piracicabano terminou a partida com um jogador a menos, já que o zagueiro Vinícius Simon.

Luiz Fernando viu eliminação do banco no ano passado. (Foto: Michel Lambstein / XV de Piracicaba)
Luiz Fernando viu eliminação do banco no ano passado. (Foto: Michel Lambstein / XV de Piracicaba)

REMANESCENTES
Quatro jogadores do atual elenco estiveram presentes nas partidas da semifinal do ano passado.

O goleiro Luiz Fernando, hoje titular e herói da classificação às semis na temporada atual, estava no banco de reservas nos dois jogos, assim como o lateral-esquerdo Rubens Carvalho.

O atacante Bruninho jogou as duas partidas e volante Fraga foi a campo em Campinas, na fatídica eliminação.

TRÊS ANOS DE A2
Rebaixado da elite em 2016, o XV de Piracicaba quer evitar o quarto ano seguido na Série A2. Desde que caiu, a evolução foi grande.

No primeiro ano disputando a divisão, em 2017, brigou contra o rebaixamento e ficou a dois pontos do Z6 – neste ano caíram seis clubes. No ano seguinte, veio a eliminação para o Guarani, e agora a esperança é de enfim voltar à Série A1.