Série B: Balançando no cargo, Cabo analisa empate do Vila: "Não foi desastre"

O Tigre tem a pior campanha como mandante da competição e isso preocupa na luta contra degola

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 02 (AFI) - Pior mandante do Campeonato Brasileiro da Série B, o Vila Nova colecionou mais um empate dentro do Serra Dourada ao ficar no 1 a 1 com o Criciúma, na última terça-feira. Balançando no cargo, o técnico Marcelo Cabo analisou o resultado e não o considerou como um desastre, já que manteve a equipe fora da zona de rebaixamento e não deixou um adversário direto se aproximar.

"Claro que é um resultado ruim jogando em casa, mas se olharmos na tabela não foi um desastre. Vamos terminar a rodada fora da zona de rebaixamento. Agora vamos trabalhar para buscar a vitória fora. Fizemos o gol, mas faltou um pouco mais de maturidade para segurar. Levamos gol de uma bola parada lateral", disse o treinador.

Marcelo Cabo segue no Vila Nova - O Popular
Marcelo Cabo segue no Vila Nova
PIOR MANDANTE

O Vila Nova conquistou apenas dez pontos dentro de casa. Em 13 jogos, foram: sete empates, cinco derrotas e apenas uma vitória, esta diante do São Bento, por 1 a 0. Curiosamente, o próximo adversário é o time paulista, na segunda-feira, às 20h, no Walter Ribeiro.

A equipe goiana está na 15ª colocação, com 29 pontos, dois a mais do que o Criciúma, que abre a zona de rebaixamento neste início de 26ª rodada.