Série B: Na lanterna e sem esperança, técnico Márcio Azevedo deixa o Vila Nova-GO

Vila Nova perdeu para o líder Avaí, por 2 a 1, sábado à noite, em Florianópolis, em Santa Catarina

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 14 (AFI) - Se antes a diretoria do Vila Nova acreditava que somente o técnico Márcio Azevedo poderia tirar o time do rebaixamento, agora nem isso. Após a derrota para o Vila Nova, no último sábado, o treinador se reuniu com dirigentes do clube goiano e pediu demissão. Ele deixa o cargo com o Tigre na lanterna do Campeonato Brasileiro da Série B, com 14 pontos

Márcio Azevedo assumiu o Vila Nova após a saída de Waldemar lemos, que abandonou o clube alegando que não acreditava que os jogadores poderiam render sem receber os salários. Com um bom histórico (tinha vindo do Mogi Mirim, deixando o clube paulista na liderança da Série C),
Falta de planejamento da diretoria atrapalhou trabalho de Márcio Azevedo no Vila Nova-GO
Falta de planejamento da diretoria atrapalhou trabalho de Márcio Azevedo no Vila Nova-GO
Márcio Azevedo até iniciou bem no tigre, somando pontos importantes, mas em apenas uma rodada o time goiano deixou a lanterna.

OPÇÕES DE NOMES
Sem Márcio Azevedo, a diretoria já anunciou que o então auxiliar técnico Christian Lauria comanda o time diante do Icasa, na terça-feira, pela 23.ª rodada. Novos nomes já estão sendo procurados pelo clube, que ainda não divulga qualquer especulação. Roberto Fernandes, que está disputando a Série D do Campeonato Brasileiro com o Remo, porém, é o favorito.

Virtual rebaixado, o Vila Nova está desde o início da Série B na zona de rebaixamento. Atrasando salários e vivendo um dos momentos financeiros mais complicados de sua história, o time é o lanterna da competição, com 14 pontos, depois de cair também no Campeonato Goiano deste ano.

 
 
" />