Paulista A3: Mesmo sem vencer, Taboão da Serra banca Baiano no comando técnico

Ao todo, o CATS empatou três e foi derrotado em duas oportunidades em cinco rodadas do estadual

por Agência Futebol Interior

Taboão da Serra, SP, 04 (AFI) - Cinco rodadas, três empates e duas derrotas, esse é o retrospecto do Taboão da Serra nesse inicio do Campeonato Paulista da Série A3. Apesar do momento ruim dentro de campo, a cúpula do CATS resolveu manter o técnico Baiano no comando da equipe na sequência do estadual. Antes disso, alguns torcedores da equipe haviam pedido a saída do treinador após o empate sem gols com o Desportivo Brasil nessa quinta rodada.

Com os três pontos somados até o momento, o Taboão da Serra está na parte debaixo da tabela. Ficando a frente apenas de São Carlos e Olímpia, que integram a zona de rebaixamento.

Mesmo sem vencer, Taboão da Serra banca Baiano no comando técnico
Mesmo sem vencer, Taboão da Serra banca Baiano no comando técnico

DANÇA DAS CADEIRAS PAULISTA A3
Até o momento, já houve oito mudanças de treinadores no Paulista A3. O Olímpia começou a preparação com Alessandro Moreche e já teve também Vitor Mosca e Lucas Del Vecchio; vem sendo interinamente dirigido por Zeca Barbosa. O EC São Bernardo seria comandado por Tuca Guimarães, que acabou ficando no Boa Esporte; veio Sandro Sargentim, que durou três rodadas; interino, Galego esteve em dois jogos.

O Batatais, por sua vez, demitiu Carlos Júnior faltando poucos dias para a estreia e contratou Rúbio Neto. O Comercial teve Ricardo Costa na primeira rodada, mas, depois, foi dirigido por Edson Vieira. A mudança mais recente é do São Carlos, que demitiu Omar Curi e trouxe Carlinhos Alves.

 
 
" />