Fluminense x Real Potosí-BOL - Começa a caminha tricolor na Sul-Americana

O time brasileiro pretende fazer o resultado em casa, para não depender de gols na altitude boliviana

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 10 (AFI) – O Fluminense estreia nesta quarta-feira pela Copa Sul-Americana. O time carioca recebe o Nacional Potosí, da Bolívia, às 21h45, no Maracanã, pela rodada de ida da primeira fase.

Campeão da Taça Rio, o Fluminense foi eliminado pelo Vasco na semifinal do Campeonato Carioca e se prepara para a disputa do Campeonato Brasileiro. Na Copa do Brasil, o Tricolor também deu adeus mais cedo do que o esperado, sendo eliminado pelo Avaí, na terceira fase, com derrotas por 2 a 1, no Nilton Santos, e 1 a 0, na Ressacada.

TIME COMPLETO
A tendência é que o técnico Abel Braga possa repetir a escalação que utilizou nas duas últimas decisões pelo Campeonato Carioca. Com os mesmos titulares, o Fluminense bateu o Botafogo por 3 a 0 na final da Taça Rio e perdeu para o Vasco por 3 a 2 na semifinal do estadual.

Já visando o jogo de volta, na altitude boliviana, Abel ressaltou a importância de fazer o resultado no Maracanã, nesta quarta, para não precisar buscar o jogo na casa do adversário.

“A Sul-Americana exige muito. Não vamos mudar nossa forma de jogar, mas é impossível deixar de pensar que não vai ser difícil jogar a 400 metros de altura. É uma coisa absurda que dá uma vantagem muito grande para quem está acostumado”, analisou.

O ADVERSÁRIO BOLIVIANO
Com 15 pontos em onze jogos, sendo quatro vitórias, três empates e quatro derrotas, o Nacional Potosí ocupa a quarta colocação no Grupo B do torneio Apertura do Campeonato Boliviano.

Entre os destaques está o centroavante colombiano Harold Reina, com passagens por times importantes na América do Sul como o Deportivo Cali, de seu país natal, e The Strongest, da Bolívia. Além dele, há o meia brasileiro Thiago Santos, que já defendeu Paraná, Londrina, Bragantino, Coritiba, entre outras equipes do Brasil.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
1ª rodada
Data
11/04/2018
Horário
21h45
Local
Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro
Nicolás Gallo (COL)

Renda
R$ 178.265,00.
Assistentes
Eduardo Diaz (COL) e Jhon Alexander Leon (COL)

Público
6.400 pagantes (6.892 no total).
Cartões Amarelos
Fluminense-BRA: Pablo Dyego, Sornoza, Jadson, Gum
Nacional Potosí-BOL: Romero, Galaín , Alaca, Galvis , Jorge Flores, Reina

Cartões Vermelhos
Nacional Potosí-BOL: Alaca
Gols
Fluminense-BRA: Pablo Dyego 27' 2T, Gum 36' 2T, Pedro 43' 2T
Fluminense-BRA
Júlio César;
Gilberto, Renato Chaves, Gum, Ibañez e Ayrton Lucas;
Richard, Jadson (Matheus Alessandro) e Sornoza (Douglas);
Marcos Junior (Pablo Dyego) e Pedro.
Técnico: Abel Braga
Nacional Potosí-BOL
Romero;
Brian Meza, Montenegro Medina, Galaín e Alaca;
Galvis (Saúl Torres), Salazar, Edson Pérez e Jorge Flores;
Piñero da Silva e Reina.
Técnico: Edgardo Malvestiti
 
 
" />