Eduardo Baptista agradece aplausos e diz que Sport precisava reconquistar a torcida

Todos pediram a presença da torcida e ela correspondeu apoiando o Leão mesmo com empate com o Cruzeiro

por Agência Futebol Interior

Eduardo Baptista: aplausos da torcida
Eduardo Baptista: aplausos da torcida

Recife, PE, 9 (AFI) - O técnico Eduardo Baptista valorizou o empate com o Cruzeiro, por 0 a 0, na Ilha do Retiro, nesta tarde de sábado pela 24ª rodada do Brasileirão. Além do ponto conquistado, o treinador leonino destacou o fato de a torcida ter mostrado confiança na equipe, que por sua vez mostrou uma segurança maior na partida, sobretudo na parte defensiva.

“Não era o resultado que nós queríamos, mas a gente precisava reconquistar a confiança do torcedor. A gente pediu a presença dele, e ele apoiou o time o tempo todo, sentiu que a equipe estava respondendo.

Acredito que nós resgatamos essa esperança, que temos uma equipe aguerrida que pode sair dessa situação”, afirmou.

ELOGIOS INDIVIDUAIS
O comandante rubro-negro elogiou ainda as estreias dos volantes Marcão e Jair.

“É complicado você estrear dois jogadores no meio-campo num momento desses. Temia pela falta de entrosamento, mas parecia que eles jogavam juntos há muito tempo. O Marcão deu mais virilidade no meio, com uma marcação forte, e o Jair trouxe o jogo para as nossas mãos, com o passe que a gente precisava”, falou.

TORCEDOR APLAUDE
Eduardo Baptista comemorou bastante também o fato de a equipe ter deixado o campo sob fortes aplausos da torcida.

“A gente fica muito feliz porque precisamos reconquistar o torcedor, que é um fator preponderante para esse crescimento do Sport. A torcida do Sport é isso: aplaude quando vê luta. Prefere um carrinho, uma imposição, a um drible”, falou.

 
 
" />