Seleção FI da Série B é 'doida' e tem trio de ataque bem conhecido da galera

A equipe será comanda por Lisca, que vem fazendo grande trabalho no América-MG

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 13 (AFI) - A nona rodada acabará apenas em outubro com o duelo entre CRB e Chapecoense, adiado por causa da decisão do Campeonato Catarinense entre a equipe de Chapecó e Brusque. Sendo assim, a Seleção FI foi montada com apenas nove jogos. A Ponte Preta assumiu a liderança e tem na sua cola Paraná, América e a própria Chape.

A equipe, no entanto, foi montada com os destaques da rodada. Alguns nomes chamam a atenção como Jean Carlos, que vem brilhando com a camisa do Náutico e Roger, atacante do Operário, aquele mesmo, que passou por Ponte Preta, Palmeiras e São Paulo.

O treinador é 'doido'. Lisca comandou o América na vitória sobre o até então líder Paraná, fora de casa, e merece destaque.

Confira a Seleção FI da nona rodada:

Rafael Martins foi o paredão da rodada
Rafael Martins foi o paredão da rodada

Goleiro: Rafael Martins (Brasil de Pelotas)

Foi o principal destaque do Brasil de Pelotas no empate sem gols diante do Guarani. Fez ao menos cinco defesas importantes. Em uma delas, tirou uma bola no ângulo, de Bruno Sávio, aos 48 minutos. Esse um ponto do time xavante fora de casa pode ser colocado na conta do arqueiro.

Lateral direito: Hayner (Cuiabá)

Fez uma partida segura no empate por 0 a 0 com o Figueirense. Foi muito bem defensivamente, impedindo jogadas do adversário pelo setor. Ajudou também ofensivamente e na criação. Foi um ponto positivo no duelo da última terça-feira.

Zagueiro: Alemão (Figueirense)

O sistema defensivo do Figueirense foi bem no empate contra o Cuiabá, em especial o zagueiro Alemão. Ele apareceu com destaques pelo desarme por baixo, mas ganhou todas pelo alto também. Mostrou muita raça para fazer com que sua equipe não sofresse gol.

Zagueiro: Cacá (Cruzeiro)

Além de Régis, teve participação efetiva na vitória do Cruzeiro para cima do Vitória. O jogador cresceu atuando ao lado de Léo e ajudou a anular os atacantes rivais. Teve grande participação no triunfo.

Alemão se destacou no Figueirense. Foto: Cristiano Andujar/AV Assessoria de Imprensa
Alemão se destacou no Figueirense. Foto: Cristiano Andujar/AV Assessoria de Imprensa

Lateral esquerdo: Bidu (Guarani)

A briga foi apertada na lateral esquerda, mas Bidu acabou sendo o eleito o destaque da posição. O jogador fez um bom jogo no empate frente ao Brasil de Pelotas. Foi seguro na defesa e subiu ao ataque em diversas oportunidades. Teve várias chances de marcar, mas encontrou um Rafael Martins inspirado.

Volante: Dawhan (Ponte Preta)

Foi o carregador de piano da Ponte Preta na vitória por 1 a 0 sobre o Avaí. O volante correu por dois e facilitou a vida dos zagueiros da Macaca. Ele ainda conseguiu criar boas oportunidades de gol. Foi peça importante de João Brigatti.

Meia: Jean Carlos (Náutico)

Esse é diferenciado. Nome certo em várias seleções da rodada. Jean Carlos é o maestro do time do Náutico, que poderá brigar pela parte de cima da Série B. Além de ser o principal amador, ele é eficaz no ataque. Novamente, deixou o seu no triunfo por 3 a 1 frente do Botafogo.

Régis foi o cara do Cruzeiro
Régis foi o cara do Cruzeiro

Meia: Régis (Cruzeiro)

O Cruzeiro enfim deu um fim na série negativa de resultados na Série B. O meia fez uma grande partida, marcou o gol e foi o cara na vitória celeste por 1 a 0 diante do Vitória.

Ele entrou no segundo tempo justamente para mudar o jogo. Fez a diferença na estreia do técnico Ney Franco.

Atacante: Roger (Operário)

O atacante vem sendo um ponto de experiência com a camisa do Operário. Fez sua melhor partida desde que chegou a Ponta Grossa e acabou sendo decisivo na vitória por 1 a 0 frente ao Sampaio Corrêa. Roger pode fazer a diferença na busca pelo objetivo do Fantasma.

Atacante: Rodolfo (América-MG)

A Lei do Ex é implacável. Teve uma passagem apagada pelo Paraná e na última quarta-feira fez o gol que deu a vitória ao Coelho com um bonito chute de primeira no ângulo. Acabou sendo o grandes responsável pelo triunfo do América.


Atacante: Luan (Oeste)

O Oeste finalmente conquistou a primeira vitória na Série B e contou com boa partida do experiente Luan, com passagens por times como Palmeiras e Cruzeiro. Ele chegou ao time recentemente para melhorar o desempenho na competição e deu resultado rapidamente.

Lisca é o técnico da rodada
Lisca é o técnico da rodada

Técnico: Lisca (América-MG)

O América foi até Curitiba enfrentar o até então líder da Série B e conseguiu uma vitória por 1 a 0, suficiente para se aproximar das primeiras colocações.

O Coelho se impôs e deixou claro que novamente brigará pelo acesso à elite do futebol nacional. Nas mãos de Lisca, o clube mineiro tem dado trabalho.