Seleção FI da última rodada da Série B com destaques e ataque de respeito

O técnico Marcelo Cabo foi o escolhido para comandar a última equipe de 2018

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 25 (AFI) - O Campeonato Brasileiro da Série B acabou neste sábado com o Fortaleza como campeão. O Tricolor terá companhia na Série A de CSA, Avaí e Goiás.Por outro lado, Paysandu, Sampaio Corrêa, Juventude e Boa Esporte acabaram rebaixados.

A Seleção do FI vem com os destaques da última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time tem um ataque de respeito formado por Neto Berola, do CSA, Zé Carlos, do Criciúma, e Willians Santana, do CRB. No meio, Alan Mineiro, ex-Corinthians, ficaria com a braçadeira de capitão.

O técnico escolhido foi Marcelo Cabo, que levou o CSA para o seu terceiro acesso consecutivo. O Azulão saiu da Série D e acabou na Primeira Divisão do futebol brasileiro. Fez uma grande temporada.

Avaí conquistou o acesso ao empatar com a Ponte Perta
Avaí conquistou o acesso ao empatar com a Ponte Perta
Confira Seleção FI da última rodada da Série B:

Goleiro: Passarelli (Guarani)
Em rodada com pouca inspiração por parte dos goleiros, Passarelli acabou se destacando na vitória por 1 a 0 para cima do Londrina. O goleiro fez grandes defesas, incluindo uma em cobrança de falta de João Paulo, que iria morrer no ângulo.

Marcelo Cordeiro marcou dois no empate com o Vila Nova
Marcelo Cordeiro marcou dois no empate com o Vila Nova
Lateral-direito: Marcelo Cordeiro (São Bento)
Marcelo Cordeiro brilhou na despedida do São Bento na Série B. O Bentão empatou com o Vila Nova por 2 a 2, com dois gols do lateral, em cobranças de pênalti. Além de chamar a responsabiliade, o jogador criou as principais jogadas do time em todo o duelo.

Zagueiro: Alan Costa (Coritiba)
Alan Costa fez uma partida segura ao lado de Alex Alves na vitória por 1 a 0 diante do Fortaleza. O defensor parou o campeão da Série B, junto com seus companheiros. Vitória importante para o Coxa terminar o torneio com a cabeça erguida, apesar do objetivo não conquistado.

Zagueiro: Leandro Camilo (Brasil-RS)
O Brasil conseguiu se segurar bem, mesmo com um jogador a menos em boa parte do jogo, para derrotar o Goiás por 1 a 0, no Serra Dourada. Leandro Camilo fez o seu papel, ganhou todas dos atacantes esmeraldinos e merece destaque.

Lateral-esquerdo: Moraes (Atlético-GO)
Velhinho? Que nada! Moares ainda dá conta do recado e, se a defesa dá bobeira, ele mete pra dentro. O lateral virou o jogo para o Atlético contra o Paysandu com dois gols. No primeiro, em contra-ataque bem puxado, o lateral bateu e a bola desviou em Maicon Silva encobrindo o goleiro Renan Rocha. No tento da virada, Moraes estufou as redes novamente em contra-ataque bem armado pelos goianos. Ele meteu por cima do goleiro bicolor.

Judson fez boa partida contra a Ponte Preta -  Jamira Furlani/Avaí F.C
Judson fez boa partida contra a Ponte Preta
Volante: Judson (Avaí)
Judson foi um leão no empate sem gols diante da Ponte Preta, resultado que levou o Avaí à elite do futebol brasileiro. O jogador correu por dois, ajudou a anular o time campineiro, que pouco deu trabalho para o goleiro Rubinho.

Meia: João Paulo (Atlético-GO)
João Paulo foi um dos nomes da goleada do Atlético-GO para cima do Paysandu por 5 a 2. O jogador foi muito participativo, deixou o seu e ainda deu uma assistência. Foi essencial neste triunfo do Dragão na última rodada da Série B.

Meia: Alan Mineiro (Vila Nova)
Alan Mineiro foi um dos destaques do empate do Vila Nova diante do São Bento. O meia foi o principal pilar do time durante toda a Série B do Brasileiro e impediu que o Tigre terminasse o torneio com uma derrota ao marcar um belo gol de calcanhar. Foi ainda o principal armador da equipe.

Zé Carlos brilhou com a camisa do Criciúma - Reprodução/Criciúma
Zé Carlos brilhou com a camisa do Criciúma
Atacante: Zé Carlos (Criciúma)
Zé Carlos, o homem gol do Criciúma, foi essencial na permanência do time na Série B do Brasileiro. Na vitória por 2 a 0 para cima do Sampaio Corrêa, o atacante brigou por todas as bolas, criou boas oportunidades e acabou fazendo o gol que abriu o caminho para o triunfo do Tigre.

Atacante: Willians Santana (CRB)
Willians Santana deu trabalho para a defesa do Figueirense. Ele tentou de todas as formas até conseguir deixar sua marca. Rafael Costa cruzou rasteiro e na medida para Willians Santana que só mandou para o fundo do gol.

Atacante: Neto Berola (CSA)
Entrou em campo quando a situação não era das melhores para o CSA no duelo contra o Juventude. Ele entrou para tentar dar um volume ofensivo ao time alagoano no segundo tempo. A entrada, no entanto, saiu melhor que a encomenda. Aliando velocidade e esperteza, ele encontrou espaço na defesa do time gaúcho para fazer três gols e decretar o acesso.

Técnico: Marcelo Cabo (CSA)
Marcelo Cabo fez um grande trabalho levando o CSA para a Série A do Campeonato Brasileiro. O treinador não deixou a vaga escapar em nenhum momento, ao montar uma equipe preparada para superar o Juventude, tanto que goleou por 4 a 0 sem qualquer dificuldade.

Marcelo Cabo foi escolhido como técnico da rodada - Gustavo Henrique/RCortez/Ascom CSA
Marcelo Cabo foi escolhido como técnico da rodada

 
 
" />