Série C: Atacante do Santa Cruz não balança as redes há mais de dois meses

No Santa desde 2018, Pipico é criticado pela torcida, mesmo sendo ídolo, por momento turbulento

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 05 (AFI) - O atacante Pipico vive talvez o seu momento mais difícil com a camisa do Santa Cruz. Sem balançar as redes desde o dia 31 de outubro de 2020, o jogador vem sendo criticado por parte da torcida, que separa idolatria de má fase.

Apesar de ser o artilheiro do time há mais de dois anos, Pipico vive uma seca de gols que parece interminável e vem complicando, consequentemente, o rendimento do Santinha na Série C.

Pipico, atacante do Santa Cruz. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz
Pipico, atacante do Santa Cruz. Foto: Rafael Melo/Santa Cruz


APESAR DOS PESARES

Ainda que não marque um gol desde o final de outubro do ano passado, sendo o último na vitória do Santa por 6 a 1 contra o Imperatriz, fora de casa, pela primeira fase da Série C, Pipico tem 11 gols na temporada.

O maior problema é que sete dos tentos foram marcados nos primeiros 13 jogos de 2020, fazendo com que os outros quatro gols tenham sido anotados nos últimos 18 jogos.

VIRAR A PÁGINA
Para voltar a balançar as redes, o atacante de 35 anos terá uma nova chance no próximo sábado (09). O Santa Cruz visitará o Vila Nova, pela quinta rodada do Grupo C da Série C do Campeonato Brasileiro, no estádio do OBA, às 17 horas. Em caso de vitória, o Tricolor poderá assumir a liderança e ficar muito próximo da volta à segunda divisão do Brasileirão.