Paulista A3: Diretor de futebol do Rio Branco lamenta provável rebaixamento

Faltando três partidas para o fim da primeira fase, Tigre de Americana está distante sete pontos do primeiro fora do Z6

por Agência Futebol Interior

Americana, SP, 14 (AFI) - A situação do Rio Branco no Campeonato Paulista da Série A3 é praticamente irreversível. Em 17º com apenas 11 pontos em 16 partidas realizadas, o Tigre de Americana está distante sete pontos do Olímpia, primeira equipe fora do Z6, a zona de rebaixamento. Diretor de futebol, Dado Salau falou sobre o quadro alvinegro.

“Sempre que a gente vai jogar a toalha, os adversários perdem e a gente pega a toalha de volta. Eu já quase joguei a toalha duas vezes, mas os resultados acontecem todos a nosso favor. Nestes jogos que restam temos que buscar vencer, o que não vem acontecendo. É buscar os três pontos contra o Mogi, a Matonense, e depois dar uma olhada na tabela”, afirmou ele ao jornal O Liberal.

Paulista A3: Diretor de futebol do Rio Branco lamenta provável rebaixamento (Foto: Reprodução)
Paulista A3: Diretor de futebol do Rio Branco lamenta provável rebaixamento (Foto: Reprodução)

Salau reclamou do fraco desempenho alvinegro e disse que fez o que estava ao seu alcance para tentar evitar o rebaixamento.

“O que mais me chateia é que o Rio Branco não consegue os próprios resultados. Cheguei aqui faltando nove rodadas, busquei as contratações do meio para frente que tanto pediam, consegui oferecer ônibus de primeira linha, alimentação de ponta, os melhores hotéis para concentração, e nem nos meus piores sonhos poderia imaginar que só venceríamos uma e perderíamos todas as outras. O grupo não está demonstrando em campo aquilo que a gente pede”, finalizou.

O Rio Branco volta a campo neste sábado, às 15h, no estádio Décio Vitta, em Americana, diante do já rebaixado Mogi Mirim.

 
 
" />