Paulista A2: Após polêmica, Portuguesa Santista protocola ofício contra arbitragem

Em uma nota divulgada em seu site oficial, a Portuguesa Santista apontou outros momentos onde o árbitro cometeu erros

por Agência Futebol Interior

Santos, SP, 04 (AFI) - A Portuguesa Santista protocolou um ofício na Federação Paulista de Futebol direcionado ao Presidente Reinaldo Carneiro Bastos na manhã desta quinta-feira (04), com um detalhamento de todos os lances nas quais se sentiu prejudicada na estreia da Série A2 do Campeonato Paulista diante da Portuguesa e solicitou formalmente a não escalação do arbitro Lucas Canetto Bellote em jogos da Briosa.

POLÊMICA

A Portuguesa Santista reclamou de quatro lances na partida, um aos 35 do primeiro tempo, em um carrinho por trás de William Magrão em Rodrigo Maranhão, A expulsão de Walfrido, em um lance que parou um contra-ataque aos 39 da primeira etapa, o pênalti marcado para a Lusa aos 42 da segunda etapa, onde o defensor da Briosa acerta somente a bola e o último aos 49 da segunda etapa, no segundo pênalti marcado para a Portuguesa, onde a bola bateu no peito do jogador da Briosa e o árbitro assinalou penalidade, expulsando o atleta da Portuguesa Santista.

Foto: Divulgação / Portuguesa Santista
Foto: Divulgação / Portuguesa Santista

Em uma nota divulgada em seu site oficial, a Portuguesa Santista apontou outros momentos onde o árbitro cometeu erros.

"Vale mencionar que o juiz é reincidente em erros contra nossa agremiação. Em 2017, ainda no Paulistão A3, também em Ulrico Mursa, Belotte não concedeu todos os minutos de acréscimo encerrando a partida quando o Olimpia converteu um penalti marcado após uma inversão de marcação de um escanteio. No ano passado, a FPF teve que afastar o árbitro Lucas Canetto Belotte, que teve que passar por reciclagem após após um erro em uma partida entre Taubaté e São Bento", disse a Briosa.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS DE CORINTHIANS 2 X 2 PALMEIRAS