Especial Interior: Ponte Preta aproveita pandemia para reforçar o elenco

Diretoria da Macaca trabalhou bastante durante a paralisação do Paulistão por conta da pandemia

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - A péssima campanha realizada no Campeonato Paulista até a paralisação por conta da pandemia do novo coronavírus, deixou claro que o elenco da Ponte Preta precisaria ser reforçado. E foi isso que aconteceu.

Não houve saída de nenhum jogador, mesmo porque o time corre o risco de ser rebaixado. Por outro lado, de olho na Série B do Brasileiro e na Copa do Brasil, a direção anunciou reforços.

Os zagueiros Rayan (ex-Ferroviária) e Luizão (ex-Santo André), o lateral-esquerdo Ernandes (ex-Mirassol), o volante Neto Moura (ex-Mirassol), o meia Camilo (ex-Mirassol) e o atacante Moisés (ex-Concórdia-SC) são as caras novas.

Ponte Preta qualificou o elenco durante a pausa do Paulistão
Ponte Preta qualificou o elenco durante a pausa do Paulistão
A Macaca também está próxima de fechar com o atacante Osman, ex-Chapecoense e que se destacou no primeiro semeste do ano passado defendendo o Red Bull Brasil.

O clube aguarda a liberação da Prefeitura para fazer a intertemporada em Campinas. Os salários estão em dia. De abril para cá, reduziu até 25% os vencimentos de jogadores e funcionários.

Para o gerente de futebol Gustavo Bueno, o clube tem seus objetivos traçados para 2020: “Vamos focar a volta do Paulistão para evitar o descenso e buscar o acesso na Série B”.

Com apenas sete pontos, para evitar a queda sem depender de ninguém, o time campineiro precisa vencer seus dois últimos jogos: Novorizontino, em casa, e Mirassol, fora.